X
Polícia

Homem é preso por desviar fios e cabos de empresa para vender na internet

Suspeito foi identificado através de um anúncio de venda de materiais pertencentes à empresa, que foram avaliados em R$ 5 mil

Homem é preso por desviar fios e cabos de empresa para vender na internet / Divulgação/ Polícia Civil

Um homem de 26 anos foi preso por desviar fios e cabos da empresa prestadora de TV e Internet na manhã desta terça-feira (30), em Praia Grande. Segundo a Polícia, ele estaria comercializando o material na Internet.

Policiais do 1º Distrito Policial de Praia Grande, juntamente com uma equipe do setor antifraude da empresa, apuraram que o indivíduo, funcionário de uma empresa terceirizada, estaria desviando cabos e conectores e comercializando o material pelas redes sociais, via plataforma OLX.

Uma publicação com o anúncio da venda foi a principal pista para identificação do sujeito. A venda consistia em 18 caixas de cabos coaxial para transmissão de internet, TV à cabo, e telefonia, além de 200 conectores da marca PPC, avaliados em aproximadamente R$ 5 mil reais, sendo anunciados pelo valor de R$ 1.000,00.

Efetuadas as diligências, a Polícia marcou um encontro, em uma via pública do bairro Ocian, para a concretização da venda. Todo o material anunciado foi encontrado no interior do porta-malas do veículo que estava com o investigado, objetos que deveriam estar em uma empresa terceirizada, prestadora de serviços para a prestadora de TV e Internet.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A equipe então se dirigiu ao estabelecimento comercial, onde o proprietário informou que o indivíduo é estoquista da empresa, e que sempre utiliza o veículo do comércio para levar materiais para os funcionários que estão na rua, a trabalho. Em pesquisa no sistema da empresa, foi verificado que o indivíduo já havia dado baixa em todo o material furtado.

Indagado sobre o ocorrido, o homem confessou o desvio do material, alegando estar passando por dificuldades financeiras.

Ele foi autuado em flagrante por tentativa de furto, qualificado pelo abuso da confiança. O estoquista foi encaminhado à cadeia pública, onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Janeiro Branco: a importância de cuidar da saúde mental na gestação e puerpério

Com a pandemia de covid-19, um estudo com mulheres com partos recentes constatou que 38,8% das participantes tiveram depressão pós-parto

Santos

Homem morre afogado na Lagoa da Saudade, em Santos

Três veículos e mais dez agentes foram encaminhados pelo Corpo de Bombeiros

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software