Homem é preso após agredir a namorada por 24 horas

De acordo com a vítima, ela estava sendo agredida desde a noite de terça-feira

Comentar
Compartilhar
01 OUT 2020Por Gazeta de S. Paulo20h04
Caso foi registrado como tortura, violência doméstica, sequestro e cárcere privadoFoto: Reprodução/Google Maps

Na noite desta quarta-feira (30), um homem foi preso em flagrante acusado de torturar a namorada por 24 horas na região da Lapa, zona oeste de São Paulo. De acordo com informações do boletim de ocorrência, policiais militares foram acionados para um desentendimento entre casal.

Ao chegar no local, os agentes encontraram a vítima e o agressor na calçada. A mulher, ao notar a presença da viatura, pediu ajuda e revelou ter sido agredida pelo homem. Ao ser questionado, ele disse que ela faz uso de remédio controlado e que seria “doida”.

De acordo com a vítima, ela estava sendo agredida desde a noite de terça-feira (29), após discutirem sobre uma novela.

Ainda de acordo com a mulher, o homem bateu e prensou sua cabeça contra a cama, contra o guarda-roupa e contra o chão. Ele também usou uma "arma de choque" para lhe ameaçar de morte.

O caso foi registrado como tortura, violência doméstica, sequestro e cárcere privado na 4ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). A vítima vai realizar um exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML).