X
Polícia

Flagrado sem roupas com menina de 13 anos em carro, médico é preso na BA

O profissional de saúde de 38 anos foi surpreendido por policiais nesta quinta

Policiais civis prendem médico em flagrante por estupro de vulnerável / Haeckel Dias/Divulgação SSPBA

Uma operação da polícia baiana resultou na prisão em flagrante de um médico de 38 anos na noite desta quinta-feira (38) em Salvador. Ele foi encontrado sem roupas dentro de um carro com uma menina de 13 anos e vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.

A operação, que originalmente visava investigar crimes de furtos de veículos, prendeu ainda uma mulher de 18 anos que seria a responsável por aliciar a programar os encontros de menores de idade com homens. Ela deve responder em liberdade por corrupção de menores.

A Polícia Civil da Bahia confirmou que as prisões aconteceram no desdobrar da Operação Visão, da DRFRV (Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), na avenida Lucaia, na capital baiana.

De acordo com o delegado Maurício Moradillo, da DRFRV, os agentes que atuavam na operação contra crimes de roubo de veículos escutaram um alarme vindo do interior do estacionamento de uma loja e, ao entrarem no local, perceberam uma movimentação estranha em um carro. Ao se aproximarem do veículo, flagraram o médico e a menina.

"O médico e a menor foram encontrados sem roupas dentro do veículo, na presença de uma mulher de 18 anos", disse o delegado. O texto conta com informações do "Uol".

A vítima foi encaminhada para uma unidade de atendimento psicossocial. O médico segue detido na DRFRV e a mulher chegou a ser encaminhada para a Derrca (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Após forçar saída, Marinho reencontra Santos em meio à pressão no Flamengo

Marinho é reserva no Flamengo, e fez apenas dois gols em 23 jogos na temporada

Brasil

Memória: a história do Castelinho da Rua Apa

Imóvel, construído em 1912, ficou famoso após ser palco de uma tragédia familiar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software