Desempregado é preso em flagrante por dois assaltos em Santos

Após gritos de "pega ladrão", o acusado foi detido pela PM no Centro; ele foi reconhecido por duas vítimas, que tiveram seus celulares recuperados

Comentar
Compartilhar
15 AGO 2018Por Gilmar Alves Jr.17h49
Matheus Vinicius Cardozo de Melo, de 21 anosMatheus Vinicius Cardozo de Melo, de 21 anosFoto: Divulgação/Polícia Civil

Após dois assaltos na tarde desta segunda-feira (13), o desempregado Matheus Vinicius Cardozo de Melo, de 21 anos, foi preso em flagrante, em Santos, sob a acusação de ter cometido os delitos. Ele foi reconhecido por duas vítimas, que tiveram seus celulares recuperados.

Em audiência de custódia, na terça-feira (14), a Justiça converteu a prisão em flagrante prisão preventiva.

Melo foi detido por policiais militares no Centro após ouvirem pessoas gritando "pega ladrão" na Rua General Câmara, pouco depois das 16h30.

O acusado estava de bicicleta e tentou fugir pela Praça da República, local onde foi alcançado.

Após a detenção, um homem de 36 anos foi ao local e reconheceu o acusado e seu aparelho roubado. No 1º Distrito Policial, uma mulher de 50 reconheceu Melo como quem lhe roubou, na tarde de segunda, na Praça Palmares. O celular dela também foi recuperado.

O Diário do Litoral não conseguiu contato, por telefone, com o defensor público que atuou na audiência de custódia de Melo.

Investigações

A equipe do delegado Max Pilotto, titular do 1º DP de Santos, e do investigador-chefe, Rodrigo Lima, suspeita que Melo tenha cometido outros roubos na cidade, principalmente no Centro.

Lima afirma que Melo abordava na maioria das vezes mulheres, mediante empurrão.

Vítimas do acusado devem procurar o setor do 1º DP de Santos para reconhecimentos. O número do telefone é 3228-6483.