Criminosos atacam bancos, lojas e prédio público em Santos e Cubatão

Foram registrados 11 ataques entre a noite de terça-feira e a madrugada de hoje. Não houve feridos e ninguém foi preso

Comentar
Compartilhar
13 MAR 201418h34
Ataques de vandalismo em agências bancárias, lojas e um prédio público, em Santos e Cubatão, estão envoltos em mistério. Onze casos ocorreram entre a noite de terça-feira e a madrugada de hoje (13). Não houve feridos e ninguém foi preso. 
 
A Polícia Civil investiga a autoria e a motivação dos ataques. Já a Polícia Militar informou que ira desenvolver ações nas duas cidades visando evitar esse tipo de ocorrência. 
 
“Nos próximos dias, sobretudo à noite, realizaremos operações bloqueio e saturação nas áreas bancárias e comerciais com o objetivo de prevenir ações dessa natureza”, informou nota oficial do Setor de Comunicação Social do Comando de Policiamento do Interior-6 (CPI-6). 
 
Os ataques
 
A primeira ocorrência e a mais grave delas, por ter disparos de arma de fogo, ocorreu no final da noite de terça-feira. Tiros foram disparados em uma concessionária de veículos na Rua Visconde de São Leopoldo, no Valongo, em Santos. Um vigilante estava no local, mas não se feriu.
 
Agência alvo de ataque situada na Rua João Pessoa (Foto: Matheus Tagé/DL)
 
Em Cubatão, por volta das 2h30 de hoje, houve quatro ataques em série no Centro. Objetos foram lançados e causaram danos em duas agências bancárias, em um prédio da Justiça do Trabalho e em uma loja de materiais de construção. Segundo informações colhidas pela PM, os criminosos estavam um carro e uma moto. 
Em Santos, no Centro e na Vila Mathias, houve ataques em três agências bancárias e três estabelecimentos comerciais. 
 
De acordo com a PM, foram encontradas bolas de gude com cerâmica nas agências. 
 
Denúncias
 
As polícias Civil e Militar pedem à população que qualquer informação sobre os autores dos ataques seja repassada pelos telefones 181 (Disque-Denúncia) e 190. Não é necessário se identificar.