Chacina deixa 4 mortos no Guarujá, litoral de SP

O delegado Cláudio Rossi acredita que as vítimas tinham envolvimento com drogas. Ele conta que as investigações já começaram e que, paralelamente, a Polícia iniciou uma busca aos bandidos

Comentar
Compartilhar
01 FEV 201415h47

Quatro pessoas, dentre as quais uma mulher de 35 anos grávida de quatro meses, foram mortas na manhã deste sábado, 1, no bairro Pae-Cará, que fica no distrito de Vicente de Carvalho, no Guarujá. A Polícia ainda não tem pistas dos assassinos, que chegaram em um carro e em uma motocicleta, já atirando. O crime ocorreu por volta das 5h30, momento em que as vítimas participavam de uma festa.

De acordo com a Polícia Militar, que foi acionada imediatamente após as execuções, testemunhas informaram que os assassinos tinham um alvo certo, que seriam os dois homens e as duas mulheres.

O delegado Cláudio Rossi acredita que as vítimas tinham envolvimento com drogas. Ele conta que as investigações já começaram e que, paralelamente, a Polícia iniciou uma busca aos bandidos.

Rossi disse que, 'com certeza', as quatro pessoas eram usuárias de drogas e que haviam passado a noite consumindo entorpecentes. Apenas um dos rapazes foi identificado, hoje pela manhã. Trata-se de Edílson do Nascimento, de 27 anos, que foi alvejado com vários tiros. Uma das irmãs do rapaz contesta as informações da Polícia, de que Edílson estava envolvido com drogas. A dona de casa Roseane do Nascimento disse que o irmão era um trabalhador e que atuava como vendedor ambulante nas praias do Guarujá.