Adolescente é executado a tiros em Guarujá

O jovem foi morto na Rua Alagoas, em circunstâncias que ainda são apuradas, pois nenhuma testemunhas foi encontrada pela Polícia Militar nas imediações do crime

Comentar
Compartilhar
31 JAN 201410h56

Um adolescente de 16 anos foi executado com oito tiros na Vila Edna, em Guarujá, às 18h15 de quarta-feira. Ele era suspeito de envolvimento no assalto contra o secretário geral da Cruz Vermelha, Fernando Ricardo Grazon, baleado na Avenida Tancredo Neves, no Santa Clara, no último dia 7.

De acordo com a Polícia Civil, o adolescente executado tinha registros em atos infracionais de roubo. Ele inclusive estava com mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça em virtude da participação no assalto contra o secretário da Cruz Vermelha.

O menor foi morto na Rua Alagoas, em circunstâncias que ainda são apuradas, pois nenhuma testemunhas foi encontrada pela Polícia Militar nas imediações do crime.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)  socorreu a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Rodoviária, onde foi constatado o óbito.

A execução é investigada pela equipe do 1º Distrito Policial de Guarujá (Jardim Conceiçãozinha), em Vicente de Carvalho.