Baixada Santista tem queda de 18,75% nos homicídios

Foram registradas 16 ocorrências, contra 13 em abril de 2013 – três a menos. No quadrimestre, com 74 casos contabilizados, a diminuição foi de 4%

Comentar
Compartilhar
23 MAI 201419h24

A região da Baixada Santista e Vale do Ribeira reduziu os homicídios dolosos em 18,75 % no mês de abril. Foram registradas 16 ocorrências, contra 13 no mesmo período de 2013 – três a menos. No quadrimestre, com 74 casos contabilizados, a diminuição foi de 4%.

Para as duas comparações (mensal e quadrimestral), os números são os menores desde 2007, quando foram registrados 10 casos em abril e 69 nos quatro primeiros meses.

Outro indicador que teve redução na região foram os furtos, que tiveram 484 casos a menos, ou seja, uma queda de 15,5%. Os furtos passaram de 3.117 para 2.633. Com 12.037 ocorrências, a redução no quadrimestre foi de 4,7%.

Os dados, divulgados nesta sexta-feira (23) pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) no site da Secretaria da Segurança Pública (SSP), também apontam redução de 26,09% nos roubos de carga.

O indicador de criminalidade recuou de 23 casos em abril de 2013, para 17 no mesmo mês deste ano.

A região da Baixada Santista e Vale do Ribeira reduziu os homicídios dolosos em 18,75 % (Foto: Divulgação)

Zerados

Os roubos a banco e as extorsões mediante sequestro ficaram zerados na região. Os dois indicadores não tiveram ocorrências no mês passado, assim como no mesmo período de 2013.

Excetuando-se os meses de abril de 2005, 2008 e 2011 – que tiveram um caso cada – o sequestro está zerado na região nos demais meses de abril desde o ano de 2001.

Mais prisões

A produtividade policial relacionada ao número de prisões aumentou 2,68% em abril. No mês, foram feitas 727 prisões, contra 708 em abril de 2013.

O total de prisões é o segundo maior da série histórica, ficando atrás apenas de 2012, que teve 752 ocorrências do tipo.

Colunas

Contraponto