Emprega São Paulo oferece 1.165 oportunidades para o Litoral

Os itens escolaridade e experiência para o preenchimento das vagas variam de acordo com a área de atuação e com a empresa

Comentar
Compartilhar
06 DEZ 201317h09

O programa Emprega São Paulo/Mais Emprego, agência de empregos pública e gratuita gerenciada pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), oferece nesta semana 1.165 vagas de trabalho  divididas entre as áreas de Construção Civil, Comércio, Indústria e Tecnologia, entre outras, para Litoral e região.

Os itens escolaridade e experiência para o preenchimento das vagas variam de acordo com a área de atuação e com a empresa.

Área/Nº de vagas

Comércio - 220

Construção civil - 98

Confira abaixo algumas oportunidades em destaque:

Ocupação/Número de Vagas

Repositor de mercadorias
Guarujá
176
Ensino Fundamental
Não exige experiência

Ajudante de Obras
Cubatão
12
Ensino Fundamental incompleto
Exige experiência

Promotor de vendas
Praia Grande
15
Ensino Médio
Não exige experiência

O programa Emprega São Paulo oferece 1.165 oportunidades para o Litoral (Foto: Divulgação)

Como se cadastrar

Para ter acesso às vagas basta acessar o site: www.empregasaopaulo.sp.gov.br  criar login, senha e informar os dados solicitados. Outra opção é comparecer a um Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) com RG, CPF, PIS e Carteira de Trabalho.

Para as pessoas com deficiência é necessário também levar laudo médico com o Código Internacional de Doenças (CID) e Audiometria (no caso de deficiência auditiva). Quem não tiver o laudo será orientado no próprio PAT a como proceder para conseguir a documentação exigida.

O cadastramento do empregador também poderá ser feito através do site do Emprega São Paulo ou PAT. Para disponibilizar vagas através do sistema, é necessária a apresentação do CNPJ da empresa, razão social, endereço e o nome do solicitante.

Emprega São Paulo

Desde a implantação do Emprega São Paulo, em agosto de 2008, o programa  recolocou no mercado de trabalho mais de 700 mil trabalhadores. O sistema conta com um banco de 3,5 milhões de currículos cadastrados.