Leito separado

Comentar
Compartilhar
23 NOV 2017Por Da Reportagem00h00

Foi aprovado pela Câmara o projeto de lei, do vereador Bispo Mauro (PRB), que “determina que as unidades credenciadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), bem como as da rede privada, ofereçam leito separado para mães de bebês natimortos e com óbito fetal”. Na justificativa ao projeto, o autor salienta que “no momento de dor intensa e de luto, essas mulheres sofrem desestabilização emocional profunda ao se deparar, no mesmo espaço, com mães felizes e realizadas com a chegada de seus bebês”.