X

Copa do Mundo 2018

Dinamarca aciona polícia após jogador ser ameaçado de morte por errar pênalti

Jorgensen errou a quinta cobrança da Dinamarca na disputa por pênaltis

Folhapress

Publicado em 03/07/2018 às 11:32

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A Dinamarca acabou sendo eliminada nas penalidades, no domingo (1), após empate por 1 a 1 no tempo normal, mais prorrogação / FIFA

O atacante dinamarquês Nicolai Jorgensen recebeu ameaças de morte nas redes sociais após perder pênalti na partida contra a Croácia, pelas oitavas da Copa do Mundo.

A Dinamarca acabou sendo eliminada nas penalidades, no domingo (1), após empate por 1 a 1 no tempo normal, mais prorrogação. Jorgensen errou a quinta cobrança da Dinamarca na disputa por pênaltis.

Logo depois da classificação da Croácia, internautas entraram nas páginas do jogador na web para xingá-lo e ameaçá-lo.

A DBU (Associação Dinamarquesa de Futebol, na sigla em dinamarquês) reprovou a conduta desses torcedores na internet. Em nota oficial, a entidade comunicou que acionou a polícia para identificar os autores das ameaças.

"Nossa sociedade nunca deve aceitar ameaças de morte -nem contra estrelas da Copa do Mundo, políticos ou outros. É completamente inaceitável e obsceno. Nós relatamos o assunto à polícia para acabar com essa loucura."

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Negou

Ex-prefeito Bili garante que não houve dolo e que vai recorrer de decisão

O juiz Leonardo de Mello Gonçalves, da Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), condenou o ex-prefeito Luis Cláudio Bili Lins da Silva por improbidade administrativa e dano ao erário

Itanhaém

Vamos ajudar? Banco de leite materno de Itanhaém precisa de doações

O alimento pode ser compartilhado para ajudar a salvar a vida de diversos bebês na UTI Neonatal

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter