X

O presidente da Câmara de Mongaguá, Rodrigo Cardoso Biaggioni (PSDB), o Rodrigo Casabranca, ordenou, na última sessão, que os seguranças do Legislativo expulsassem um morador da cidade que se manifestou durante os trabalhos da casa. Vale lembrar que seguranças não têm poder de polícia e são contratados apenas para zelar pelo patrimônio, no caso, imóvel, móveis, veículos e outros da Casa.  A vítima registrou boletim de ocorrência junto à Polícia Militar e procurará a Polícia Civil.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Crime

Câmera registra momento em que empresário é baleado pela esposa; veja o vídeo

Imagens de câmeras de segurança mostram uma discussão entre ela e o marido na frente da residência do casal

Eleições 2022

Para aliados de Lula e Alckmin, Moro e Ciro atacam chapa em tática contra afunilamento

Pesquisa Datafolha de dezembro mostrou chance de Lula vencer no primeiro turno. O ex-presidente alcançou 48%, seguido de Jair Bolsonaro (PL), com 22%, Moro (9%) e Ciro (7%)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software