X

A Contraponto obteve a informação que dezenas de pessoas deverão lotar o plenário da Câmara de Cubatão, nas próximas sessões legislativas, para protestar contra a aprovação, em primeira discussão, do projeto de emenda à lei orgânica do Município, de autoria do prefeito Ademário Silva (PSDB), que permite a cobrança da taxa de iluminação pública no Município. A segunda votação vai ocorrer em 10 dias, conforme informou a assessoria da Casa. Vale lembrar que a proposta já havia sido rejeitada duas vezes no plenário da Casa, inclusive quando Ademário era vereador. Ele votou a favor do projeto em 2016 e contra em 2014.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Ciro contorna resistências, mas se lança à presidência sob desconfiança no PDT

Uma das estratégias do partido também tem sido ventilar o nome da ex-ministra Marina Silva como possível vice

Itanhaém

Saúde vacina contra a Covid neste sábado (22)

As imunizações acontecem das 8 às 16 horas, no Posto Volante de Vacinação (Secretaria de Turismo), localizado na Rua Aécio Mennuci, 281, no Centro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software