ELEIÇÕES 2022

Eleitores relatam filas e espera de até uma hora para votar

Além do grande número de eleitores e da coleta da biometria na identificação, o fato de algumas pessoas terem esquecido de fazer a cola com o número dos candidatos, contribuiu para a demora

FolhaPress

Publicado em 02/10/2022 às 14:01

Atualizado em 02/10/2022 às 14:06

Comentar:

Compartilhe:

Filas chegando ate o banheiro escola da zona sul de SP / Luis Fernando Policicio/GSP

Filas e espera marcaram a manhã deste domingo (2) de eleições em algumas seções de São Paulo e do Rio de Janeiro. Os casos foram pontuais, mas eleitores chegaram a esperar até uma hora para registrar seus votos.

Esse foi o caso da Escola Estadual Arthur Guimarães, na Vila Buarque, região central de São Paulo, e no Colégio Santa Marcelina e na PUC-SP (Pontifícia Unidade Católica), ambas na região de Perdizes (zona oeste da cidade).

Foram registradas filas também no colégio Claretiano, na Escola Estadual Fidelino de Figueiredo e na Escola Estadual Arthur Guimarães, com espera de quase 30 minutos.

Além do grande número de eleitores e da coleta da biometria na identificação, o fato de algumas pessoas terem esquecido de fazer a cola com o número dos candidatos, contribuiu para a demora.

Nessa eleição, o eleitor vota em cinco candidatos. Primeiro é o deputado federal, seguido por deputado distrital, senador, governador e por fim seu voto para presidente.

Os eleitores também têm neste ano, pela primeira vez, um tempo extra para conferir o voto na urna eletrônica. A urna eletrônica libera a confirmação do voto após um segundo do preenchimento dos números do candidato para cada cargo.

Alguns eleitores compareceram com adesivos e roupas vermelhas em alusão ao candidato Luiz Inácio Lula da Silva e verdes e amarelas, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Mas não houve registro de tumultos.

Na zona sul do Rio de Janeiro também houve diversos locais de votação com filas neste domingo. É o caso, por exemplo, do Sesc de Copacabana e do Clube Israelita Brasileiro do mesmo bairro, onde as filas dobravam os quarteirões no início da tarde.

Em um colégio eleitoral no banco Bradesco da rua Barata Ribeiro, uma mulher vestida com as cores do Brasil gerou confusão durante a espera, gritando que "se Lula for eleito serão quatro anos de pobreza e corrupção". Ela foi contida rapidamente por policiais militares.

Também há relatos de grande demora no Ciep Tancredo Neves, no Catete, e no Sesc do Flamengo.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Bertioga

Cidade do Litoral de SP tem programação esportiva de inverno; veja agenda

Município recebe diversas modalidades

Cotidiano

Festa da Tainha começa neste final de semana em Praia Grande

Atração gastronômica ocorre no Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter