Política

Deputada propõe PL para impedir aumento abusivo nas taxas da SPU

A iniciativa visa evitar aumentos como o deste ano, que ultrapassou 50%

Da Reportagem

Publicado em 15/06/2022 às 17:29

Comentar:

Compartilhe:

Deputada Rosana Valle / Divulgação

A deputada federal Rosana Valle (PL) apresentou, na Câmara dos Deputados, em Brasília, projeto de lei para impedir aumentos abusivos nas taxas de ocupação cobradas de moradores de imóveis da União. A iniciativa visa evitar aumentos como o deste ano, que ultrapassou 50%. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O PL 1658/2022 altera a Lei nº 9.636, de 15/5/1998, e determina que a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) não poderá emitir boletos com valores reajustados acima de duas vezes a variação anual do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Hoje, o limitador de reajuste é de cinco vezes a variação do índice. 

Além disso, a deputada está em contato com o Ministério da Economia, para tentar uma alternativa que anule o aumento de 50%, cujos boletos  já foram enviados e vencem dia 30 deste mês. 

“Estou fazendo tudo o que está ao meu alcance porque o aumento foi excessivo. O PL acaba com a possibilidade de futuros reajustes desproporcionais”, afirmou a deputada, que luta desde 2019 para extinguir estas cobranças que afetam 42 mil moradores da região e de mais de 500 mil ocupantes de imóveis da União no Brasil. Rosana votou a favor da PEC 39, que dá o primeiro passo para a extinção do laudêmio, e que agora tramita no Senado.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Conflito na Europa acabará com parcela da humanidade em 2025, diz Baba Vanga

Vidente, que morreu em 1996, é conhecida por muitas previsões assertivas

Esportes

Clube do Litoral de SP marca votação para virar SAF

Time convocou todos os seus conselheiros para decidir seu futuro

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter