ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro obteve a maioria dos votos da Baixada Santista

Sete das noves cidades da Região colocaram o atual presidente em primeiro lugar; apenas Cubatão e Mongaguá tiveram mais votos para o ex-presidente Lula

Da Reportagem

Publicado em 03/10/2022 às 16:50

Compartilhe:

Bolsonaro e Lula / Marcos Correa/PR e Cristiane Matto/Folhapress

A Baixada Santista não seguiu a maioria no pleito para presidente no primeiro turno e colocou o presidente Jair Bolsonaro (PL) em primeiro lugar, seguido de Luís Inácio Lula da Silva (PT).

O mesmo ocorreu com a disputa ao governo do Estado. No Litoral, apoiado na força que o atual chefe do Executivo nacional tem e no antipetismo da Região, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos) ficou na frente na disputa com Fernando Haddad (PT).

Jair Bolsonaro teve a maioria dos votos em sete das nove cidades da Região, enquanto Lula venceu em Cubatão e Mongaguá - com uma diferença de 16 votos na última. 

O atual presidente alcançou 48,4% dos sufrágios válidos (508.712) da Baixada Santista, sem contar com os votos brancos e nulos. Já o ex-presidente Lula levou 38,74% dos votos válidos (427.091) da Região.

O cenário ficou um pouco diferente do que ocorreu em 2018, quando Bolsonaro ganhou - com folga - em toda a Baixada Santista, ultrapassando os 50% de votos válidos. Pelos eleitores da Região, ele venceria já no primeiro turno. A unanimidade não aconteceu em 2022; apenas em três cidades os números ultrapassam mais da metade dos sufrágios: Praia Grande (51,49%), Peruíbe (51,31%) e Bertioga (50,91%). 

Em compensação, os números de Bolsonaro subiram em relação à eleição passada. O atual presidente recebeu 18.945 votos a mais do que há quatro anos, quando recebeu 489.767 sufrágios.

Números

Em Praia Grande, Bolsonaro teve a maior porcentagem - foram 51,49% dos votos válidos (91.188) contra 38,29% (69.296) de Lula. Em Peruíbe, foram 51,31% (21.196) para Bolsonaro e 38,72% (15.997) para Lula. Em Bertioga, os números do atual presidente também ultrapassam a metade dos votos: 50,91% (17.678 votos), enquanto Lula marcou 40,72% dos sufrágios (14.137).

Bolsonaro também venceu com uma larga diferença de votos em Guarujá: 49,28% dos votos válidos (87.911) contra 40,68% (72.573) de Lula. Com uma diferença menor entre os dois candidatos, Itanhaém escolheu o atual presidente: 48,48% (27.950) para Bolsonaro e 41,91% (24.162) para Lula. Em Santos, Bolsonaro recebeu 126.156 votos (46,22%), enquanto 99.198 eleitores (37,87%) votaram em Lula - uma diferença de quase 26 mil votos. Já com uma diferença bem menor, São Vicente teve 47,08% dos votos válidos (90.072) em Bolsonaro contra 42,75% (81.780) de Lula.

Nas cidades em que Lula ficou em primeiro lugar, a diferença também foi menor. Em Cubatão, o ex-presidente teve 34.848 votos (49,03%), enquanto Bolsonaro teve 29.477 (41,47%). Já em Mongaguá, Lula venceu o atual presidente por 16 votos, apenas: 15.100 votos (45,05%) para o ex-presidente contra 15.084 (45%) para Bolsonaro.


Estado

As eleições de 2022 marcam a história do Governo do Estado de São Paulo: após 28 anos, o PSDB deixa a cadeira do Executivo estadual. O partido do atual governador Rodrigo Garcia e do ex-prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, elegia um governador desde 1994, quando o santista Mário Covas venceu o pleito.

Garcia não conseguiu votos suficientes para tentar o segundo turno, ficando em terceiro lugar. Na Região, o atual chefe do Executivo paulista apenas 17,18% dos votos válidos (154.671).
Tarcísio Gomes de Freitas, ex-ministro da Infraestrutura no Governo Bolsonaro, teve a maioria dos votos em oito das nove cidades da Região. Apenas Cubatão colocou Fernando Haddad em primeiro lugar. Na Baixada Santista, o candidato do Republicanos alcançou 46.05% dos votos válidos (444.375), enquanto o petista teve 34,94% (337.133).
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Cidade do litoral de SP recebe evento sobre Cannabis Medicinal; veja a programação

Discussão ao longo dos anos vem ganhando corpo e a importação foi autorizada no Brasil há mais de 8 anos pela Anvisa

Diário Mais

Conheça a formidável ilha no litoral de SP onde você pode não sair com vida

Acesso ao local é proibido pelo risco constante de "acidentes fatais"

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter