X

Brasil

Confira quatro dicas de como produzir brinquedos caseiros para divertir o seu pet em casa

Especialista do EcoCão Espaço Pet ensina como o tutor pode montar alguns brinquedos que custam pouco e garantem muita diversão ao cachorro

Da Reportagem

Publicado em 12/12/2022 às 11:10

Atualizado em 12/12/2022 às 11:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Para evitar que o cãozinho fique entediado ou até mesmo estressado, é importante deixar algum brinquedo ou atividade para que ele possa se divertir / Divulgação

Nem sempre os tutores têm o tempo que gostariam para brincar com seu amigo de quatro patas e quando precisam sair e os deixam sem ter com quem ou com o que brincar, os cães vão procurar alguma atividade, já que são seres sociáveis e, portanto, não é da natureza deles ficarem sozinhos. É nesse momento que o controle remoto ou o chinelo aparecem mordidos, as meias desaparecem, entre outros estragos que podem custar caro ao bolso do tutor.

Para evitar que o cãozinho fique entediado ou até mesmo estressado, é importante deixar algum brinquedo ou atividade para que ele possa se divertir. Itens como toalhas, cordas, garrafas PET, pneus e outros materiais podem ser reutilizados e se transformarem em brinquedos que vão proporcionar momentos de alegria e diversão. Confira algumas dicas de Patrícia Sprada, fundadora e CEO do EcoCão Espaço Pet, primeira franquia dedicada ao bem-estar animal:

Mordedor caseiro feito de meias
Com duas meias é possível fazer um mordedor simples para cachorros filhotes ou cachorros que são mais mansinhos, pois, sendo um brinquedo feito com tecido, é mais provável que um cachorro muito agitado acabe rasgando. De qualquer forma, Patrícia dá algumas dicas para reforçar o brinquedo: “Pegue uma meia e corte a extremidade fechada para obter duas aberturas. Dobre a outra meia para formar uma bola e insira-a dentro da anterior, colocando-a no centro. Faça um nó em cada ponta de modo que a bola fique totalmente presa e firme. Pode deixar as pontas ou reforçá-las. Para fazer isso, corte-as em três ou seis tiras. Faça uma ou duas tranças bem firmes com as tiras que cortou e amarre novamente na ponta. Desta forma, será mais complicado para o cachorro rasgar as pontas do brinquedo”, explica.

Garrafa Pet com ração
Este brinquedo é muito econômico e com ele o cachorro vai comer e se divertir ao mesmo tempo. “Para fazê-lo, você precisará de uma garrafa Pet, uma ferramenta para fazer furos e a ração para colocar dentro. Um brinquedo muito barato e funcional”, comenta a empresária

Tubo de papelão com ração
Outra possibilidade que Patrícia ensina é reaproveitar o rolo de toalha de papel. “Pode tentar o mesmo esquema da garrafinha pet: é só colocar um pouco de ração dentro do tubo, dobrar as pontas (fechando o rolinho), fazer alguns furos e oferecer para o animal. Mas neste caso, não deixe o pet sozinho durante a brincadeira, pois é preciso vigiá-lo para que ele não coma nenhum pedaço do rolinho”, descreve. Sprada sugere, se não puder acompanhá-lo de perto, utilizar o tubo de papelão do papel alumínio, que é um pouco mais resistente.

Bola de Corda
“Para fazer um brinquedo de bola de corda também pode usar uma camisa antiga (se for mais acessível) ou pedaços de restos de corda. Basta fazer o número quatro com as mãos, enrolar a corda envolta dos dedos e entrelaçar as pontas, formando alguns nozinhos até chegar no formato de uma bolinha. A corda de algodão é mais indicada nestes casos, pois além de proporcionar brincadeira ajuda a limpar os dentes do bichinho. Assim que pronta, o adulto joga para o cachorro correr atrás”, finaliza Sprada. 

Sobre EcoCão Espaço Pet
O EcoCão Espaço Pet é a primeira franquia dedicada ao bem-estar animal. Preocupada com a saúde emocional dos pets, aposta no cuidado e afeto para com os animais atendidos, oferecendo banho de ofurô acompanhado de tratamento de cromoterapia, ozonioterapia, massagem e técnicas de relaxamento com aromaterapia e florais. Além disso, disponibiliza tecnologia de ponta por meio de equipamentos especializados, transformando os momentos do banho em situações prazerosas para o animal. Conta com serviço de creche e atividades direcionadas, tem a sustentabilidade como premissa no reaproveitamento de materiais, descarte responsável do lixo e valorização da economia local com parcerias comerciais. Saiba mais aqui

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Fim do outono no Litoral tem muitas praias limpas e calor de verão

Dá para aproveitar o fim de semana para aproveitar os último dias 'atípicos' antes da chegada do inverno

Cotidiano

Vai passear? Estradas têm tráfego tranquilo nos dois sentidos do SAI

Segundo boletim da Ecovias, o Sistema Anchieta-Imigrantes segue em Operação Normal 5x5 na manhã deste sábado (15)

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter