X
Mongaguá

Requerimento sobre o piso salarial dos professores foi aprovado pela Câmara

Propositura foi apresentada pelo vereador José Pedro Faccina, o Zé Pedro (MDB)

Requerimento foi aprovado na 19ª Sessão Ordinária da Câmara de Mongaguá / Nair Bueno/DL

Na 19.ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Mongaguá, os vereadores aprovaram, por unanimidade, o requerimento que solicita informações sobre o valor do piso salarial atual e sobre a implantação do novo piso salarial para profissionais do Magistério Público da Educação Básica (PSPN) Municipal, conforme a Portaria n.º 67/2022.

A propositura foi apresentada pelo vereador José Pedro Faccina, o Zé Pedro (MDB), que em sua justificativa, destacou: “Nosso Município conta em seu quadro funcional com excelentes profissionais dedicados em exercer suas funções com profissionalismo, atenção e muito amor, pois sabem que em virtude das contingências atuais decorrentes da Covid 19, problemas sociais e econômicos pertinentes às famílias, acabam resvalando e afetando o rendimento escolar, demandando uma ação pedagógica voltada para o aluno como um ser em formação, que não seja apenas a educação formal”. Outros parlamentares se ofereceram para subscrever o requerimento

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.
.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ELEIÇÕES 2022

Haddad lidera em SP com 29%, Tarcísio tem 12% e Rodrigo, 9%, aponta pesquisa

A pesquisa, contratada pela TV Globo, foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número SP-04035/202

Tecnologia

iFood e Tinder criam loja no app e brincam com 'levar bolo' no Dia dos Solteiros

Os bolos podem ser personalizados com frases como "Assim com o bolo que eu gosto", "Esse é o bolo que eu quero", "De: eu, Para: mim" e "Manda bolo de agora?"

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software