X
Itanhaém

Prédio do antigo 1º DP é demolido em Itanhaém

Já existe projeto para a construção de uma nova delegacia seccional no local

O antigo prédio do 1º Distrito policial de Itanhaém começou a ser demolido em Itanhaém. O local, que já estava desativado há cerca de 15 anos, aguardava a demolição há bastante tempo. A previsão da empresa, contratada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, é de concluir o serviço em 15 dias.

O delegado seccional do município Carlos Fogolin explica que a demolição começou há cerca de três semanas, com a retirada dos veículos e motos que estavam no local. 

Segundo ele, no espaço havia 52 veículos e 170 motos que foram transferidos para um pátio da prefeitura de Itanhaém. A ideia é realizar um leilão com esses veículos apreendidos. 

“O trabalho para fazer a demolição é demorado, já que a empresa tem que seguir alguns critérios. Um exemplo é que deve começar pelo telhado, que é muito antigo, e os funcionários devem estar munidos com EPI (equipamento de proteção individual) para desmontar e levar o material para São Paulo”, completa.  

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Um dos problemas do antigo prédio eram os veículos e motos apreendidos pela Polícia Civil. Eles estavam no local e geravam grande preocupação e insegurança por parte dos moradores vizinhos. 

No antigo prédio do 1º DP, funcionava apenas a parte administrativa com as escoltas de presos que são levados à cadeia pública de Peruíbe. Hoje o serviço está sendo realizado no 1º DP.

O valor do serviço contratado, por meio de licitação, pela Secretaria de Segurança Pública, é de R$ 224 mil. A empresa responsável é VR Demolidora. 

Fogolin lembra ainda que já existe um projeto para a construção da nova delegacia seccional no local. Este é o único imóvel da Secretaria de Segurança Pública do Estado, localizado na rua Capitão Manoel Bento, no centro do município.

“Já temos um projeto executivo e solicitamos três orçamentos para fazer a licitação da obra. Acredito que o início das obras vai ser ainda este ano. A ideia é que, no próximo ano, já possamos trabalhar na nova delegacia seccional de Itanhaém”, destaca.

Atualmente, os serviços prestados pela delegacia seccional estão divididos com o 1º DP. O novo prédio irá abrigar a seccional e o 1º DP no mesmo espaço. 

Benefícios

Um dos benefícios, segundo Fogolin, é que a Secretaria de Segurança Pública vai ter um prédio próprio na cidade, além de proporcionar maior autoestima aos policiais civis. 

“Vamos oferecer um espaço mais adequado com os serviços à população, como as cartas precatórias, a identificação e outros prestados pela delegacia seccional”, completa. 

O presidente da Câmara, Sílvio Oliveira (Solidariedade), conhecido como Silvinho Investigador, da Polícia Civil, também fala sobre a demolição do prédio. 

“Essa obra é um misto de sentimentos porque trabalhei no prédio em 1993, depois passei por outras delegacias e, em 2013, retornei ao 1º DP e cadeia pública como chefe dos investigadores. Presenciar todo o equipamento se deteriorando é muito triste”, desabafa.

Afirma ainda que esse investimento é uma concretização de um trabalho de anos que vem sendo realizado tanto pela Câmara como pela delegacia seccional. E que, no futuro, será um ambiente mais adequado e acolhedor à população e aos policiais.

Com a construção da nova delegacia seccional haverá uma economia aos cofres públicos. O município vai economizar cerca de R$ 20 mil por mês, já que os alugueis da delegacia seccional e o do 1º DP são pagos pela prefeitura de Itanhaém. 

A delegacia seccional funciona, hoje, na rua Leopoldino de Araújo nº 123, no centro de Itanhaém.

A prefeitura de Itanhaém informa que os veículos foram recolhidos para a sede da Guarda Civil Municipal (GCM), no bairro Suarão, de forma provisória. Diz ainda que a Administração segue em busca de uma solução definitiva para esta demanda e permanece em tratativas com o Governo do Estado.

O Diário do Litoral já havia publicado reportagens sobre o assunto nos dias 3 de maio, 9 de agosto de 2021 e em 23 de janeiro de 2022.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Veja os valores de Soteldo no Santos; Corinthians tenta Michael e mais dois

Política

Bolsonaro nega almoço com Guilherme de Pádua e pede respeito a Gloria Perez

Ele afirmou haver uma "exploração leviana" da morte da filha de Gloria Perez no caso

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software