Festa do Divino Espírito Santo inicia dia 27 com muita tradição e costume

A tradicional Festa do Divino Espírito Santo iniciará com uma programação repleta de costumes; Festividades seguirão até o dia 11 de junho

Comentar
Compartilhar
15 MAI 2017Por Da Reportagem19h30
Tradicional quermesse beneficente com ampla praça de alimentação acontece no Centro Histórico aos finais de semana, com apresentações culturaisFoto: Divulgação/PMI

Um dos eventos culturais mais esperados do ano começa a movimentar as principais ruas e avenidas de Itanhaém, a partir do próximo dia 27. A tradicional Festa do Divino Espírito Santo iniciará com uma programação repleta de costumes e fiéis de diferentes regiões chegam ao Município para a Noite da Soca, Alvorada Festiva, Abertura do Império, Missa Solene, Encerramento do Setenário, Procissão do Divino Espírito Santo, entre outros.

Após a abertura da programação, as festividades seguirão até o dia 11 de junho. Os devotos participarão de celebrações na Igreja Matriz de Sant’Anna e na Praça Narciso de Andrade, Centro Histórico. Forte em manifestação cultural, a Festa se mantém viva há mais de 300 anos em Itanhaém. A tradicional quermesse beneficente com ampla praça de alimentação acontece no Centro Histórico aos finais de semana, com apresentações culturais.

Noite da Soca

 Acontece em dois finais de semana e reúne todos os anos famílias, amigos e fiéis, que vêm de outras cidades só para prestigiar o popular evento.

Alvorada

É o momento em que as Bandeiras do Divino Espírito Santo percorrem as principais ruas do Centro. Sempre ao lado da tradicional Banda do Divino que executa a ‘Folia do Divino’. Ao término da procissão, os fiéis recebem café e cuscuz de arroz.

Erguida do Mastro

Sete dias antes da Festa de Pentecostes, é o momento da Erguida do Mastro, ao meio-dia do Domingo da Ascensão, liderada pela figura do Capitão do Mastro.

Abertura do Império 

As festividades continuam à noite, com o Setenário na Igreja Matriz de Sant’Anna e culminam com a Abertura do Império, ao meio-dia do sábado seguinte, com a presença do Imperador e Imperatriz. No domingo de Pentecostes acontece a Missa Solene e a procissão principal pelas ruas da Cidade, além do sorteio e a troca dos festeiros.