X
Guarujá

Força-tarefa 'Combustível Limpo' detecta irregularidades em postos de Guarujá

Secretário da Justiça e Cidadania, Fernando José da Costa, acompanhou as ações em postos do Guarujá

Operação tem como objetivo vistoriar postos da região / Divulgação/ PMG

O Governo de São Paulo realizou nesta quarta-feira (24), em Guarujá, a oitava etapa da força-tarefa "Combustível Limpo" para combater fraudes e irregularidades em postos de combustíveis. No total, foram fiscalizados quatro estabelecimentos. Participaram da operação representantes das secretarias da Justiça e Cidadania, por meio dos fiscais Instituto de Pesos Medidas de São Paulo (Ipem-SP) e Procon, e da Secretaria de Segurança Pública, com a Polícia Civil.

As equipes do Ipem-SP fiscalizaram cinco postos e encontraram erros em quatro. Em um posto, localizado à via Santos Dumont, no Pae Cara, das 14 bombas de combustíveis verificadas pelos fiscais do Ipem-SP, foram encontrados erros em 12 (85%). As irregularidades foram erro de menos 265 ml a cada 20 litros abastecidos contra o consumidor e violação dos pontos de selagem da bomba de combustível, o que permitia acesso ao instrumento.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Em outro posto, localizado na avenida Adhemar de Barros, no bairro Helena Maria, os fiscais do Ipem-SP verificaram 12 bombas de combustíveis e encontraram erros em 12 (100%). As irregularidades encontradas foram erro de menos 95 ml a cada 20 litros abastecidos contra o consumidor, mau estado de conservação das bombas, inclusive, a instalação elétrica, e violação dos pontos de selagem da bomba de combustível, o que permitia acesso ao instrumento.

Em outro estabelecimento da avenida Santos Dumont, na Vila Santo Antonio, a equipe do Ipem-SP verificou 14 bombas de combustíveis e reprovou uma (7%), devido a violação dos pontos de selagem da bomba de combustível, o que permitia acesso ao instrumento, mangueira em mau estado de conservação e lacres com indícios de fraude nos pulsers do instrumento.

No último posto verificado, na avenida Adhemar de Barros, os fiscais detectaram vazamento do bloco medidor de uma bomba de combustível, das 17 instaladas no posto.

"Na operação de hoje fiscalizamos quatro postos de combustíveis no Guarujá e foram encontradas irregularidades. Essas operações são importantes para proteger o consumidor que vem sofrendo com os aumentos sucessivos no preço do combustível e também proteger os proprietários de estabelecimentos que não burlam a legislação", explica o secretário da Justiça e Cidadania, Fernando José da Costa. "Continuaremos, periodicamente, fiscalizando os postos por meio de novas etapas da força-tarefa, pois, é o estado de São Paulo protegendo o consumidor", completa. 

Desde o dia 13 de outubro deste ano foram realizadas seis operações em 24 postos, na capital, Campinas e Santo André. Em 13 estabelecimentos foram encontradas irregularidades pelos fiscais do Ipem-SP, em 3 não foram detectados erros, e 8 postos estavam fechados no momento da operação. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ELEIÇÕES 2022

Pesquisa BTG: Bolsonaro avança 3 pontos e tem 34%, ante 41% de Lula

O petista perdeu 3% dos eleitores em duas semanas, segundo o levantamento

Brasil

Economia estuda nova regra que flexibiliza teto de gastos

A emenda constitucional do teto de gastos completou cinco anos no encerramento de 2021 passando pelo momento mais crítico desde sua criação, após diferentes brechas e mudanças capitaneadas pelo governo Jair Bolsonaro (PL)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software