Guarujá

'Esse sonho está se tornando realidade', afirma Suman sobre o aeroporto

O chefe da Administração Municipal assinou hoje a Ordem de Serviço para o início das obras

Nilson Regalado

Publicado em 27/02/2024 às 12:09

Atualizado em 27/02/2024 às 14:44

Comentar:

Compartilhe:

Suman durante a cerimônia de assinatura / Divulgação/PMG

O prefeito de Guarujá, Válter Suman, afirmou nesta terça-feira (27) que o início das obras do Aeroporto Municipal de Guarujá é "um sonho que está se tornando realidade". Acompanhado do secretário municipal de Infraestrutura e Obras de Guarujá, Adilson de Jesus, o chefe da Administração Municipal assinou hoje a Ordem de Serviço.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

"Esse é o resultado do trabalho de uma equipe que rema junto. Foram momentos extremamente complicados, frustrantes. Até pensamos em desistir algumas horas. Mas, quem sabe o que quer, vai longe. Fomos buscar recursos e providenciar toda a burocracia. E agora, esse sonho, que é do Guarujá e de toda a Baixada Santista está se tornando realidade", declarou.

As obras da primeira fase devem se iniciar nesta quarta-feira (28) e contemplam a reforma e adequação da pista de pouso e decolagem. Estão também incluídas intervenções nas pistas de táxi A, B e C; faixa de pista e sistema de drenagem e, ainda, implantação de cerca operacional; barreiras de proteção de fauna e via interna de serviço no Aeroporto.

"A partir de amanhã inicio as obras", afirmou o secretário municipal de Infraestrutura e Obras, Adilson de Jesus, durante o evento.

Aeroporto de Guarujá terá voos diários para Rio e Campinas

A Prefeitura de Guarujá e a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear) projetam voos diários para o Rio de Janeiro e para Campinas em aeronaves Cessna Caravan 208. O avião tem capacidade para 10 a 14 passageiros. O Caravan e considerado o 'jipe do ar', começou a ser fabricado no início da década de 1980, tem 11,4 metros de comprimento e 15,8 metros de ponta a ponta das asas. O avião voa a 7.600 metros do chão, a uma velocidade de 340 km/h.

A informação foi divulgada nesta terça-feira (27), durante cerimônia de assinatura da Ordem de Serviço para o início das obras da primeira fase do Aeroporto Civil Metropolitano.

A reforma inclui a adequação da pista de pouso, drenagem e área de taxiamento, além da implantação de cercamento e sinalização e a construção de um terminal de passageiros provisório. A empresa vencedora da licitação foi a Terracom Construções LTDA.

De acordo com a Prefeitura de Guarujá, as obras da primeira fase possuem cronograma de execução seis meses, a partir da emissão de ordem de início dos serviços. O projeto global do aeroporto contempla um total de quatro fases.

Após a execução dos serviços de implantação da primeira fase, começará a implantação do terminal de passageiros, que permitirá pousos e decolagens de aeronaves para até 72 passageiros (jatinhos e turboélices).

O PROJETO

O projeto global do Aeroporto contempla um total de quatro fases. A empresa vencedora do processo licitatório foi a Terracom Construções LTDA, homologada vencedora no último dia 2 de dezembro. A empresa atendeu todas as exigências do edital e custeará as intervenções necessárias, orçadas em R$19 milhões, investimento do Governo Federal.

Após a execução dos serviços, conclui-se a primeira fase e, na sequência, começará a implantação do terminal de passageiros, o que permitirá pousos e decolagens de aeronaves para até 72 passageiros (jatinhos e turboélices).

O secretário municipal de Infraestrutura e Obras, estima a conclusão da primeira fase de obras no segundo semestre deste ano.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Rua de São Vicente será interditada neste domingo, devido a obras da Sabesp; saiba qual

Agentes de trânsito estarão no local orientando os motoristas

Cotidiano

Confira o resultado da Lotomania no concurso 2637, nesta sexta (21)

O prêmio é de R$ 9.800.000,00

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter