Cotidiano

Em Guarujá, exposição sobre Santos Dumont começa na quarta-feira (1º)

O principal destaque da mostra que termina em 31 de julho será o carro fúnebre que conduziu o corpo do Pai da Aviação falecido em Guarujá no ano de 1932

Da Reportagem

Publicado em 27/05/2022 às 11:05

Compartilhe:

Em Guarujá, exposição sobre Santos Dumont começa na quarta-feira (1º) / Foto: Prefeitura de Guarujá

A vida e obra de Alberto Santos Dumont, conhecido como o Pai da Aviação será tema de exposição, que começa em Guarujá, a partir desta quarta-feira (1º). A mostra será realizada no terminal de passageiros Ferry Boat´s Plaza, na Vila Lígia, com entrada gratuita. A realização é da Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Turismo, e conta com o apoio da City Transportes.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A exposição funcionará até o dia 31 de julho e poderá ser visitada das 10 às 17 horas. O evento será realizado com base no livro: "O Sonho de Voar – 300 anos de História", do autor Ruy Sodré e terá cerca de 20 banners reunindo informações e fotos históricas, que contam desde os primeiros balões até a conquista da navegação aérea e o uso dos aviões. A exposição também deve contar com palestras e visitação escolar.

O destaque da exposição ficará por conta do carro fúnebre que transportou o corpo de Santos Dumont: um Chevrolet Ramona preto fabricado em 1929. O veículo retornou ao Guarujá no último dia 19, após passar por um amplo processo de restauro para recondução do automóvel às condições originais. A ação foi feita em parceria com o Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, que doou o serviço à municipalidade.

 

Pai da Aviação escolheu Guarujá para passar seus últimos dias

O mineiro Alberto Santos Dumont morreu em Guarujá no dia 23 de julho de 1932, ao cometer suicídio no Grand Hotel La Plage (local hoje onde está situado o Shopping La Plage), na Praia de Pitangueiras. O cortejo passou pela Avenida Puglisi, seguindo até a travessia de balsas entre Guarujá e Santos. De lá, seguiu em direção a São Paulo, e depois para o Rio de Janeiro, onde foi sepultado.

Astrônomo amador, inventor, projetista, balonista e aviador, Santos Dumont construiu e voou nos primeiros balões dirigíveis com motor a gasolina, inaugurando a era dos voos controlados a partir de 1901, feito que o tornou uma das pessoas mais famosas do mundo no início do século XX. 

Também foi o primeiro a decolar a bordo de um avião impulsionado por um motor a gasolina, o 14-Bis. Voo este reconhecido pela Federação Aeronáutica Internacional (FAI) e Aero Club de Paris, como o primeiro voo homologado de um veículo ''mais pesado que o ar'' assistido, fotografado e filmado.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Cidade do litoral de SP inicia festival gastronômico com delícias à preços baixos

É a 9ª edição do evento, que conta com 50 restaurantes e mais de 100 opções de pratos e lanches

Diário Mais

Fenômeno climático La Niña chega em agosto e também atingirá o litoral de SP

Evento climático é conhecido por resfriar as águas do oceano pacífico

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter