X

GUARUJÁ

Caixa disponibiliza Saque Calamidade do FGTS para moradores de Guarujá

Residentes das áreas atingidas pelo temporal devem solicitar o benefício pelo aplicativo Caixa Tem

Da Reportagem

Publicado em 07/03/2023 às 21:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Paço Municipal / Divulgação

A Caixa Econômica Federal aprovou, na última sexta-feira (3), o Saque Calamidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para moradores de Guarujá, em virtude das fortes chuvas que ocorreram nos dias 18 e 19 de fevereiro. Os residentes em várias áreas atingidas pelo temporal já podem solicitar o saldo do FGTS até o dia 21 de maio. Para isso, é necessário solicitar o beneficio pelo aplicativo Caixa Tem.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A solicitação é realizada de forma fácil e rápida pelo aplicativo Caixa Tem, na opção Meus Saques, no celular, sem a necessidade de comparecer a uma agência, ou se dirigir até a Prefeitura de Guarujá. Ao registrar a solicitação é possível indicar uma conta da Caixa, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem, ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo.

O valor do saque será o saldo disponível na conta do FGTS na data da solicitação, o valor máximo do saque é limitado à quantia R$ 6.220,00. A relação dos bairros com núcleos informais que constam no Formulário de Informações do Desastre (Fide), da Defesa Civil Municipal são:

 

  • Perequê: Vila Nova, Cidamar, Perequê Praia e Novo Horizonte;
  • Pernambuco;
  • Mar e Céu: Mar e Céu; Maré Mansa; Sem terra; Vila Rã; Sossego e Areião;
  • Virgínia;
  • Pedreira: Cantagalo e Barreira do João Guarda;
  • Balneário Cidade Atlântica: Cidade Atlântica I e II;
  • Enseada: Vila Baiana; Vila Júlia; São Miguel; Vale da Morte e Jardim Três Marias;
  • Cachoeira: Morro da Cachoeira; Morro do Engenho; Jardim das Flores; Cachoeira Plana; Vida da Noite e Santa Clara;
  • Morrinhos: Morrinhos I, II, III e IV;
  • Vila Zilda: Vila Edna, Vila Nova, Vila Selma e Parque da Montanha.

 

Declaração de Residência

Os moradores das áreas atingidas que não tenham comprovante de residência devem comparecer ao Paço Municipal Raphael Vitiello, a partir da próxima quinta-feira (23), das 9 às 16 horas, para obter declaração de moradia.  Os interessados deverão comparecer munidos de cópias e originais de documentos pessoais e comprovantes de que residem naquele endereço informado como: contrato de locação, Número de Inscrição Social (NIS) ou correspondências. Os técnicos da Secretaria Municipal de Habitação atenderão no térreo do Paço, situado na Avenida Santos Dumont, 640 – Santo Antônio.

 

Saque Calamidade do FGTS

O Saque Calamidade é uma modalidade em que o trabalhador tem direito a sacar o saldo da conta do FGTS em decorrência de desastre natural que tenha atingido a sua área de residência. O valor só é liberado quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública é decretado, conforme ocorreu em 19 de fevereiro por meio do Decreto Estadual 67.502/23.

 

Como solicitar

O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS. Confira o passo a passo:

1 – Realizar o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro; ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque —Calamidadepública” — acessar a cidade; Guarujá.

2 – Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade,

comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes

da decretação decalamidade;

3 – Selecionar a opção para creditar o valor em conta CAIXA, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem, ou outro banco e enviar a solicitação. O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.

 

Informações sobre a documentação:

 

– Carteira de Identidade — também são aceitos carteira de habilitação e passaporte;

– Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água ou outro documento recebido via correio, emitido até 120 dias antes da decretação decalamidade;

– Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro (a). Para mais informações, os trabalhadores podem acessar o site da Caixa ou entrar em contato com a Caixa pelo Fale Conosco 0800 726 0207.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado do Timemania no concurso 2098, nesta terça (28)

O prêmio é de R$ 3.000.000,00

Cotidiano

Confira o resultado do Dia de Sorte no concurso 919, nesta terça (28)

O prêmio é de R$ 550.000,00

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter