X

Guarujá

Aeroporto deve ter 1ª fase de obras entregue até o fim do 1º semestre

Ordem de serviço para o início das obras do Aeroporto de Guarujá, em Vicente de Carvalho, deve ser assinada ainda neste mês

Da Reportagem

Publicado em 06/01/2024 às 09:45

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Primeiramente, o Comando da Aeronáutica deverá autorizar a obra, pois a base é uma unidade militar / Divulgação/PMG

A Prefeitura de Guarujá deve assinar, ainda em janeiro, a ordem de serviço para o início da primeira fase das obras do Aeroporto Civil Metropolitano, na Base Aérea, em Vicente de Carvalho. O processo, no entanto, acontecerá em etapas. Primeiramente, o Comando da Aeronáutica deverá autorizar a obra, pois a base é uma unidade militar. A emissão da ordem de serviço deverá ocorrer em solenidade que contará com a presença do ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá também integra as conquistas dos 70 anos do distrito de Vicente de Carvalho. O empreendimento terá sua primeira fase de obras entregue até o fim do primeiro semestre de 2024. No último dia 2 de dezembro, a Prefeitura de Guarujá homologou a empresa vencedora do certame licitatório.

Com isso, o grupo especializado será responsável pela elaboração do projeto executivo e as obras da primeira fase da reforma e adequação da pista de pouso e decolagem, intervenções nas pistas de táxi A, B e C, faixa de pista e sistema de drenagem e implantação de cerca operacional, barreiras de proteção de fauna e via interna de serviço no Aeroporto. 

O prazo de execução dessa etapa é de aproximadamente seis meses, após a emissão da ordem de serviço pelo Governo Federal, com investimentos de R$ 21,3 milhões. Posteriormente, será lançando um novo edital para obras do terminal de passageiros, o que permitirá pousos e decolagens de aeronaves para até 72 passageiros (jatinhos e turboélices). O projeto terá quatro fases.


Marlene Silva Rubido sonha em ver o Aeroporto funcionando - Divulgação/PMG

Sonho da população local

Para Marlene Silva Rubido, um dos maiores sonhos agora é ver o funcionamento do Aeroporto Civil Metropolitano, na Base Aérea, em Vicente de Carvalho. Pela primeira vez, ele nunca esteve tão perto de alçar voos. "Amo muito Vicente de Carvalho e Guarujá, pois aqui vivo e tenho grandes amigos. Espero que os investimentos em boas políticas públicas continuem na saúde, educação, habitação, segurança pública e todas as áreas cruciais para o nosso desenvolvimento", comemora.

Dois anos antes da criação do Distrito, em 1951, quem nascia no saudoso Itapema era a professora Marlene Silva Rubido. A educadora veio ao mundo pelas mãos de Ana Fernandes de Freitas, mais conhecida como Ana Parteira, responsável por ajudar a trazer ao mundo milhares de guarujaenses. 

Com 72 anos de idade, atualmente Marlene é uma dos milhares de moradores de Vicente de Carvalho. No mesmo local, ela foi criada, formou-se, atuou profissionalmente, casou com o químico e jornalista Luís Miguel Rubido Casás, teve dois filhos, uma neta e é uma cidadã participativa. 

Durante sua trajetória, lecionar sempre foi uma das maiores paixões. Não à toa, já na adolescência, ministrava aulas de piano e reforço em casa, até se graduar em Pedagogia e Biologia. 

Ao todo, por 26 anos, ela contribuiu para a educação de crianças e jovens da rede municipal e estadual. "Teria trabalhado mais, não fosse uns problemas de saúde. Mas adoro o voluntariado e coordeno, junto à minha comadre, o Grupo 'Renascer de Amor Exigente', que atua em prol da reabilitação de dependentes de álcool e outras drogas", destaca.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

Nacional

Não perca as contas: você sabe quantas vezes o cantor Fábio Jr. se casou?

A lista é bem extensa e pode confundir os fãs

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter