Governo SP

No Twitter, Bolsonaro posta vídeos de atos pró-governo

O presidente foi aconselhado por aliados a não participar dos atos e também orientou ministros a não aderirem.

Comentar
Compartilhar
26 MAI 2019Por Estadão Conteúdo14h02

Dias após dizer que não participaria das manifestações em seu favor neste domingo (26), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para divulgar os atos que acontecem ao redor do Brasil. 

A conta do presidente trouxe três vídeos de manifestantes nas cidades do Rio de Janeiro, em São Luís, no Maranhão, e em Juiz de Fora, no interior de Minas, onde foi alvo de uma facada ainda durante a campanha presidencial. 

No vídeo em Juiz de Fora, os manifestantes pedem a aprovação da reforma da Previdência e do pacote anticrime do ministro Sergio Moro. Também houve espaço para provocação a adversários políticos. "O choro é livre, o Lula não". No Maranhão, o grupo cantava "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos". No Rio, gritavam: "a nossa bandeira jamais será vermelha". 

O presidente foi aconselhado por aliados a não participar dos atos e também orientou ministros a não aderirem. As mensagens foram postadas em sua rede social enquanto ele estava em um culto no Rio de Janeiro.

Colunas

Contraponto