Tite descarta deixar Corinthians antes da última rodada

O treinador disse que a diretoria deixou essa possibilidade em aberto porque o jogo deste sábado será especial

Comentar
Compartilhar
29 NOV 201320h39

A diretoria do Corinthians deixou o técnico Tite à vontade para que ele antecipasse sua saída do clube, logo após a partida deste sábado, contra o Internacional, no Pacaembu. "Vou até o final", disse ele, confirmando que também comanda o time diante do Náutico, dia 7, no Recife, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Tite disse que a diretoria deixou essa possibilidade em aberto porque o jogo deste sábado será especial. O treinador deve receber homenagens da torcida, com o estádio lotado - 27 mil ingressos já foram vendidos. E que esse cenário poderia ficar como a última imagem dele à frente do clube.

O técnico não se recusou como disse que vai levar todos os jogadores a Recife na última rodada. E até brincou. "Quem forçar o terceiro cartão amarelo para não jogar, e técnico percebe isso, vai treinar a semana toda e vai concentrar", disse, em tom bem-humorado.

Tite comandará o Corinthians até a última rodada do Brasileirão (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Sobre o confronto contra o Internacional, Tite afirmou que não sabe como será sua reação, mas disse que vai se concentrar no jogo como se fosse uma partida normal. "Sei que a emoção vai aflorar, mas quero ser espontâneo, do jeito que eu sou", afirmou.

Antes do treino desta sexta-feira, Tite recebeu uma placa dos funcionários do clube, que o homenagearam.

O treinador confirmou a equipe que encara o Internacional. Alessandro, que vai se aposentar ao final da temporada, vai jogar na lateral esquerda na vaga de Igor. Paulo André volta a zaga no lugar de Cleber. No ataque, vão jogar Emerson, Romarinho e Renato Augusto. Alexandre Pato é reserva.