Thiago Ribeiro admite importância do clássico, mas prioriza mata-mata

Apesar de admitir a importância de derrotar o rival na última rodada, o atacante rechaça a definição de “final antecipada” dada à partida entre as duas melhores equipes da primeira fase

Comentar
Compartilhar
20 MAR 201412h25

O clássico entre Santos e Palmeiras, que será disputado neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Vila Belmiro, valerá a liderança geral do Campeonato Paulista. Apesar de admitir a importância de derrotar o rival na última rodada, o atacante Thiago Ribeiro rechaça a definição de “final antecipada” dada à partida entre as duas melhores equipes da primeira fase.

“É claro que se cria uma expectativa (para o jogo). Mas o fato de terminar com a melhor campanha do campeonato, não quer dizer que os dois chegarão à final. Futebol é jogado dentro do campo, e a gente vai (caminhar) passo a passo. O jogo é decisivo, mas, acabando a primeira fase, começa outra competição. Quando começarem as quartas, tudo o que foi feito não contará mais”, disse o camisa 11 santista.

Como os pontos continuarão se acumulando nas duas próximas fases, o time que garantir a melhor campanha dará um importante passo para fazer o segundo jogo da decisão em casa. Por outro lado, a equipe que ficar em primeiro na classificação geral pode encontrar o São Paulo na semifinal.

Já pensando no primeiro duelo da próxima fase – contra a Ponte Preta, na Vila Belmiro -, Thiago Ribeiro acredita que o Santos precisa corrigir o posicionamento defensivo antes de começarem as quartas.

Suspenso da partida contra o Rio Claro pelo terceiro cartão amarelo, Thiago Ribeiro voltará ao time no clássico (Foto: Divulgação/SFC)

“A gente vem tomando vários gols de bola parada, e sabemos que esta decide vários jogos hoje em dia. Não podemos perder um jogo no mata-mata em um lance assim. Contra Rio Claro e Penapolense, concedemos muitas ocasiões (de gol) para o adversário. Isso preocupa, e a gente quer melhorar”, afirmou.

Líder do Grupo C do Campeonato Paulista, com 33 pontos, o Santos precisará vencer o Palmeiras às 16 horas (de Brasília) deste domingo para terminar a primeira fase com a melhor campanha.