Tchê Tchê vê ‘responsabilidade grande’ do Palmeiras no Brasileiro

O Verdão inicia a caminhada em busca da defesa do título neste domingo, quando enfrenta o Vasco, às 16 horas (de Brasília), no Palestra Itália

Comentar
Compartilhar
12 MAI 2017Por Gazeta Press19h30
Volante prega foco como fórmula do sucessoVolante prega foco como fórmula do sucessoFoto: Gazetapress

Atual campeão nacional, o Palmeiras será o centro das atenções no Campeonato Brasileiro, que começa neste final de semana. Um dos destaques do elenco que conquistou o título, Tchê Tchê vê uma ‘responsabilidade grande’ do clube na nova edição do torneio e prega foco para superar a pressão.

“A gente tem uma responsabilidade grande por ser o atual campeão brasileiro. Não podemos escapar disso, mas não temos de entrar em campo com o peso de ter o melhor elenco do Brasil e de ter que ganhar todas as competições. As coisas vão acontecer naturalmente. Estamos em primeiro na Libertadores, as críticas vão acontecer, é inevitável, mas estamos procurando manter o foco”, avaliou.

O Verdão inicia a caminhada em busca da defesa do título neste domingo, quando enfrenta o Vasco, às 16 horas (de Brasília), no Palestra Itália. O camisa 8 afastou o rótulo de favorito ao Palmeiras e destacou a dificuldade da disputa do Campeonato Brasileiro.

“O nível é muito grande, não tem uma equipe que dá para falar que vai conquistar seis pontos nos jogos do primeiro e do segundo turno contra outra equipe. Todos os jogos são muitos difíceis, tanto fora quando dentro de casa”, disse.

O início do Campeonato Brasileiro representa mais uma competição importante no calendário do Palmeiras, que ainda disputa a Copa do Brasil e a Copa Libertadores da América. Tchê Tchê não escondeu que a competição continental é a grande prioridade da temporada, porém valorizou a importância dos demais torneios.

“A Libertadores é o sonho do torcedor e o nosso também. A gente vai procurar conquistar esse título, que é muito importante, mas agora temos de mudar a chavinha, como sempre conversamos. É o momento de pensar no Brasileiro, depois na Copa do Brasil e então vamos pensar no jogo da Libertadores”, concluiu.