Robinho brinca com Cicinho: "Você que tem que cruzar pra mim"

"Eu o agradeci (a assistência) e ele me zoou, disse que eu tenho de cruzar para ele e não ele para mim. Eu pedi para ele fazer mais”, contou, aos risos. "Foi o primeiro de cabeça"

Comentar
Compartilhar
24 FEV 201514h22

Na reapresentação do elenco santista após a bela vitória em cima da Portuguesa, por 3 a 1, na última rodada do Campeonato Paulista, o clima era de descontração e brincadeiras no CT Rei Pelé. Enderson Moreira comandou um trabalho físico para os titulares e uma atividade com bola para os jogadores que não atuaram no domingo.

Após o treinamento, que durou pouco mais de uma hora, Cicinho conversou com a imprensa e revelou uma brincadeira feita por Robinho logo após o duelo diante da Lusa.

"Eu o agradeci (a assistência) e ele me zoou, disse que eu tenho de cruzar para ele e não ele para mim. Eu pedi para ele fazer mais”, contou, aos risos. "Foi o primeiro de cabeça", completou o lateral direito.

O início de temporada de Cicinho no Peixe não foi dos melhores. O atleta teve problemas musculares ainda durante a pré-temporada e viu Victor Ferraz tomar conta da posição. Mesmo assim, o camisa 4 garante ter se abatido.

Destaque da vitória santista, Robinho ajuda a melhorar ainda mais o clima no CT Rei Pelé (Foto: Divulgação/SFC)

"Eu comecei o ano na equipe principal. Acabei me lesionando e fiquei dois jogos fora. Fui expulso quando voltei, contra o Red Bull, e a equipe foi encaixando. Normal eu ter de esperar minha oportunidade novamente. Domingo tive uma chance e, graças a Deus, fui bem e fiz gol", disse.

Agora, com a lesão de Caju no púbis e o edema muscular na coxa esquerda de Chiquinho, Enderson deve remanejar Cicinho ou Victor Ferraz para a esquerda.

"A gente ainda não conversou com ele (Enderson) porque voltamos ao trabalho hoje, mas torcemos para que eles voltem o mais rápido possível", explicou Cicinho.

Thiago Ribeiro

O atacante Thiago Ribeiro correu em volta do campo do CT Rei Pelé nesta terça-feira e mostrou que segue evoluindo no tratamento de uma tendinite patelar no joelho direito. A última partida do camisa 11 foi contra o Red Bull Brasil, dia 8 de fevereiro. Desde então, o atacante desfalcou a equipe diante do São Paulo, São Bernardo e Portuguesa. Ainda não há uma previsão de retorno do atleta.