Reservas do Santos devem ser acionados novamente no Paulistão

Enquanto vencia o Londrina, no Paraná, e abria vantagem no mata-mata da competição nacional, o Peixe garantiu sua vaga nas quartas de final do Estadual graças a derrota do Penapolense

Comentar
Compartilhar
19 MAR 201512h44

Após estrear na Copa do Brasil, o Santos volta as atenções para o Campeonato Paulista mais uma vez. Enquanto vencia o Londrina, no Paraná, e abria vantagem no mata-mata da competição nacional, o Peixe garantiu sua vaga nas quartas de final do Estadual graças a derrota do Penapolense para o Botafogo-SP.

Com 26 pontos, o Alvinegro é o líder da classificação geral e, se encerrar a primeira fase assim, poderá decidir os duelos decisivos em casa. Mesmo assim, Marcelo Fernandes não deve mandar força máxima para o confronto contra o Audax, neste sábado, pela 11ª rodada.

A cinco rodadas do fim da primeira fase, o desgaste do elenco já é algo que preocupa a comissão técnica. Além do excesso de partidas, as viagens desgastantes, como as que o time enfrentou nesta semana entre Marília, Londrina e Santos, pesam muito na escolha do técnico em escalar uma equipe mista na tarde deste sábado, no estádio do Pacaembu.

Com liderança folgada no grupo D do estadual, Marcelo Fernandes estuda voltar a usar equipe alternativa (Foto: Ricardo Saibun/SFC)

Os jogadores voltam a trabalhar no CT Rei Pelé na tarde desta quinta-feira apenas para um trabalho de recuperação. Com bola, o grupo só volta a fazer atividades na sexta.
Alguns exames que apontam quem está mais desgastado e com possibilidades maior de lesão serão feitos antes que Marcelo defina a equipe que vai a campo.

A probabilidade é que alguns jogadores ganhem descanso e outros tenham mais uma chance de mostrar serviço. Gabriel e Thiago Ribeiro, por exemplo, são dois dos jogadores que devem ser aproveitados amis uma vez e estão loucos para retomarem um espaço entre os titulares.

Há também a chance de Caju e Chiquinho ficarem à disposição do comandante santista. O jovem revelado pela base do clube chegou da seleção brasileira Sub-20 com uma inflamação no púbis e ainda não estreou pelo Peixe em 2015. Enquanto isso, o ex-jogador do Fluminense sofreu um edema na coxa esquerda e também precisou se afastar.

Já o volante colombiano Valencia é o único desfalque certo, pois levou o terceiro cartão amarelo na goleada em cima do Marília, no último sábado. Lucas Otávio é o favorito para assumir a vaga na equipe.