Reservas corintianos tentam findar “empatite” estadual contra Ituano

O técnico Tite decidiu preservar os seus titulares habituais e recorrer aos suplentes contra o Ituano, às 18h30 deste sábado

Comentar
Compartilhar
09 MAR 201311h27

Caberá aos reservas do Corinthians a missão de fazer o clube voltar a vencer no Campeonato Paulista após cinco empates consecutivos (com Botafogo-SP, São Caetano, Palmeiras, Bragantino e Santos). O técnico Tite decidiu preservar os seus titulares habituais e recorrer aos suplentes contra o Ituano, às 18h30 (de Brasília) deste sábado, no Pacaembu.

Para Tite, seria “desumano e ilegal” mandar novamente a campo a equipe que perdeu por 1 a 0 para o Tijuana, na fronteira do México com os Estados Unidos, na viagem mais longa da história da Copa Libertadores da América. O técnico queria que o jogo com o Ituano fosse adiado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) em função do compromisso da última quarta-feira no torneio continental.

Como a entidade estadual não deu ouvidos ao apelo, Tite precisou mais uma vez deixar explícito que a sua prioridade não é o Campeonato Paulista. A prova aparece na tabela: o Corinthians iniciou a 11ª rodada na oitava colocação, o último lugar no grupo de classificação à próxima fase. Seu adversário Ituano está um ponto à frente da zona de rebaixamento.

“A gente precisa vencer para se manter entre os oito primeiros”, advertiu o meia Douglas, que participou apenas de parte do jogo com o Tijuana e enfrentará o Ituano. “Será uma partida importante. Vamos tentar superar o desgaste para sair do Pacaembu com a vitória”, pregou.

Mesmo priorizando o descanso dos titulares, Tite costuma dizer que os torneios estão “ligados”. Ou seja, vitórias no Estadual dão confiança para a Libertadores. “Temos que acabar com a empatite no Paulista”, pediu, adotando o neologismo pejorativo para definir os empates recorrentes.

Emerson, que não viajou ao México, tentará aproveitar a chance para se reafirmar na equipe do Corinthians (Foto: JF Diorio/Estadão Conteúdo)

Se não terá seus titulares na tentativa de remediar a “empatite”, ao menos não faltará disposição ao Corinthians. Os atacantes Jorge Henrique e Emerson, por exemplo, querem mostrar que continuam úteis depois da perda de espaço para Renato Augusto e Alexandre Pato (que ficará no banco de reservas). Romarinho também está animado: “Vamos dar o nosso máximo lá na frente”.

Na defesa, existe a expectativa pelo retorno do zagueiro Chicão. O veterano já está recuperado de artroscopia no joelho esquerdo e voltou a treinar com bola, porém ainda não atuou em 2013. Os jovens Felipe e André Vinícius são as outras opções de Tite para compor a zaga.

No Ituano, a preocupação é com a pontaria. O técnico Roberto Fonseca sabe que as oportunidades de gol devem ser menores ao enfrentar o Corinthians como visitante. Por isso mesmo, exigiu oportunismo de seus homens de frente. “Tenho cobrado. Estamos criando chances, mas não finalizamos. Isso está acontecendo durante quase todo o campeonato”, chiou.

FICHA TÉCNICA
ITUANO X CORINTHIANS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 9 de março de 2012, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Aurélio Santanna Martins (SP)
Assistentes: Marco Antonio Gonzaga da Silva e David Botelho Barbosa (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Rodrigo Braghetto e Márcio Roberto Soares (ambos de SP)

ITUANO: Anderson; Leandro Silva, Cléber, Vitor Hugo e Patrick; Marcinho Guerreiro, Cambará, Kleiton Domingues e Fernando Gabriel; Marcão e Adaílton.
Técnico: Roberto Fonseca.

CORINTHIANS: Danilo Fernandes; Edenílson, Chicão, Felipe e Igor; Willian Arão, Guilherme e Douglas; Jorge Henrique, Emerson e Romarinho.
Técnico: Tite.