Rescisão de contrato com Milan deixa Robinho livre para decidir futuro

Desta forma o jogador está livre para acertar com qualquer outro clube assim que seu empréstimo com o Santos terminar, em julho

Comentar
Compartilhar
12 MAI 201512h03

Na última segunda-feira o atacante Robinho chegou a acordo com o Milan para rescindir contrato que iria até junho de 2016. Desta forma o jogador está livre para acertar com qualquer outro clube assim que seu empréstimo com o Santos terminar, em julho.

A expectativa do Peixe é manter o atleta no elenco, mas uma dívida de direitos de imagem pode melar um acerto definitivo. Robinho começou a conviver com atrasos no ano passado e só teve a quantia referente a setembro e outubro recebida na última semana. Além dele, outros atletas santistas também estão com parte dos vencimentos atrasada.

Robinho deve ser procurado pelo Santos durante a semana para esclarecer futuro que ainda é incerto (Foto: Mauricio de Souza/DL)

O presidente Modesto Roma Jr. foi à Itália para negociar com o Milan e aproximar Robinho do Peixe. O vínculo era um assunto delicado, mas com a rescisão anunciada está resolvido. Agora cabe ao Santos conversar diretamente com os representantes do camisa 7 para tentar mantê-lo na Vila Belmiro no segundo semestre.

Mas Robinho está liberado para conversar com qualquer clube, de dentro ou fora do Brasil. Especula-se que o futuro do atacante da Seleção Brasileira pode estar na Major League Soccer, torneio dos Estados Unidos. Mas é possível que as coisas só sejam definidas após a Copa América, que também pode servir como vitrine para o jogador de 31 anos mostrar seu futebol.