Preocupado com calendário, Vettel é contra corrida na Tailândia

O piloto alemão aprova projeto de circuito tailandês, mas acha inviável incluí-lo no calendário da Fórmula 1.

Comentar
Compartilhar
23 DEZ 201218h43

Se depender do principal nome entre os atuais pilotos da Fórmula 1, as pretensões do governo tailandês de realizar um GP da categoria nas próximas temporadas podem ir por água abaixo. Preocupado com o calendário, o tricampeão Sebastian Vettel gosta da ideia do país ter a sua prova, mas é contra a inclusão dela no atual cenário da Fórmula 1.

“Eu acho que seria ótimo, mas não sei o quanto realista isso é. Já há muitas corridas na temporada, e nós estamos bastante ocupados durante o ano. Não sei se há espaço no calendário, mas vamos ver”, que esteve em Bangcoc para a disputa da Corrida dos Campeões, na última semana.

O projeto do governo da Tailândia prevê uma prova noturna em um circuito de rua, próximo ao GP de Cingapura. O evento integraria o calendário da Fórmula 1 a partir de 2014. Para isso, porém, ainda é necessária a viabilização de investidores para o projeto avançar.

Ironicamente, a principal interessada em financiar o circuito é a Red Bull, já que um dos sócios da empresa de energéticos que também dá nome à equipe de Vettel é tailandês.

Vettel é contra a inclusão dela no atual cenário da Fórmula 1 (Foto: AFP)