Perto de deixar comando, Milton Cruz acha que conseguiu melhorar o time

Milton Cruz vem comandando a equipe, mas acumulou as eliminações na semifinal do Paulistão, para o Santos, e nas oitavas de final da Libertadores, contra o Cruzeiro

Comentar
Compartilhar
25 MAI 201516h21

O período de Milton Cruz à frente do time do São Paulo pode chegar ao fim nesta semana, já que o clube deve avançar na negociação com Juan Carlos Osorio. Depois de ter dirigido o Tricolor em uma série de dez partidas, substituindo Muricy Ramalho, o coordenador técnico acredita ter feito a equipe evoluir.

“Não sei se foi meu último jogo (contra o Joinville), faço meu trabalho desde a partida contra a Portuguesa e me dedico ao máximo, fazendo o que posso. Não sei até quando. Mas acho que houve uma melhora do time nesse período, pois tivemos tempo para trabalhar e mudamos um pouco a maneira de jogar, com três volantes, sendo um deles mais agudo. Já foram Hudson, Wesley, Michel Bastos, Thiago Mendes...”, comentou.

Por conta de problemas de saúde, Muricy Ramalho deixou o comando do Tricolor depois da derrota por 2 a 0 para o Botafogo-SP, em 5 de abril. Desde então, Milton Cruz vem comandando a equipe, mas acumulou as eliminações na semifinal do Paulistão, para o Santos, e nas oitavas de final da Libertadores, contra o Cruzeiro.“Fiz dez jogos, com sete vitórias e três derrotas. Perdemos para o Santos, campeão paulista, e para o Cruzeiro, bicampeão brasileiro. Já a Ponte é um time que vinha treinando há um tempo, sofremos o gol no começo e ainda foi em um campo sem torcida”, comentou, citando o tropeço diante da Macaca, dia 17, no Moisés Lucarelli.

Milton Cruz não confirma qual será seu destino depois que o Tricolor contratar um novo comandante (Foto: Divulgação)

Agora, Milton Cruz não confirma qual será seu destino depois que o Tricolor contratar um novo comandante. O colombiano Juan Carlos Osorio é o preferido para assumir o São Paulo e tem caminho mais fácil para acertar, já que sua equipe, o Atlético Nacional, foi eliminado do Campeonato Colombiano no sábado.

“O treinador vai pegar um grupo excelente de trabalho, de profissionais que querem ajudar o clube. Quem sabe seja um plantel para ser campeão brasileiro. Se for o Osorio, é um grande treinador. Já trabalhei contra ele, um estudioso do futebol”, ponderou o coordenador.

Depois que o Tricolor acertar com um novo comandante, Milton Cruz se reunirá com o presidente Carlos Miguel Aidar para definir se voltará à antiga função na comissão técnica ou se deixará o Morumbi para ser técnico em outra agremiação.

Mesmo sem saber até quando ficará, o coordenador já aproveita para enaltecer o elenco pelos dez jogos que fez no clube. “Agradeço aos jogadores pelo período junto. Não tivemos problema de indisciplina. Eles me ajudaram no período em que estou como treinador”, completou.