governo 2

Peixe não vê empate fora de casa como resultado ruim

Mesmo sem vencer, o Peixe segue líder do grupo D, com 4 pontos em dois jogos, e no próximo domingo encarará o Red Bull Brasil, em São José do Rio Preto

Comentar
Compartilhar
05 FEV 201514h05

O Santos teve muitas dificuldades nos jogos disputados fora de casa em 2014. E, logo no primeiro desafio em 2015 distante da Vila Belmiro, o time voltou a sofrer uma brusca queda de rendimento no empate por 0 a 0 contra o Mogi Mirim, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Desta vez, porém, os jogadores não enxergaram a igualdade como um resultado ruim, principalmente devido ao campo, que dificultou o toque de bola do time de Enderson Moreira.

“Campo ruim. Nosso time gosta de tocar a bola, no segundo tempo nos impusemos, mas o empate não foi um mau resultado”, disse Robinho, logo após a partida. “Não gosto de dar desculpa, mas hoje o campo estava ruim, só quem jogou sabe. Nosso time é muito leve e, quando pega esses campos, precisa se adaptar com balão para a frente”, explicou o camisa 7.

O Santos de Elano sofreu com as condições do gramado na segunda rodada do Campeonato Paulista (Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

Chiquinho, que, diferentemente da estreia no último domingo, nesta quarta-feira não teve uma atuação de destaque, seguiu a mesma linha do capitão alvinegro. “Não conseguimos a vitória, mas o empate não é ruim. Agora é trabalhar, no Campeonato Paulista o importante é estar pontuando”, disse.

Mesmo sem vencer, o Peixe segue líder do grupo D, com 4 pontos em dois jogos, e no próximo domingo encarará o Red Bull Brasil, em São José do Rio Preto.