Pai de Mena morre no Chile e Santos libera lateral para viajar

O lateral não esteve na derrota, por 1 a 0, diante do Ituano, no Pacaembu, pois estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo

Comentar
Compartilhar
07 ABR 201419h19

Ausente no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista no último domingo, o lateral esquerdo do Santos Eugenio Mena teve uma triste notícia. Seu pai, que estava em coma induzido no Chile após um infarto, morreu. O chileno foi liberado pelo clube paulista e viajou ao seu país natal nesta segunda-feira.

Por meio de seu Twitter oficial, o ex-clube de Mena, a Universidad do Chile, lamentou o occorido.

“O clube Universidad de Chile entrega as mais sentidas condolências a Eugenio Mena pelo lamentável falecimento de seu pai”.

De folga nesta segunda, o elenco do Peixe se reapresenta nesta terça-feira no CT Rei Pelé, em Santos.

Mena não esteve na derrota, por 1 a 0, diante do Ituano, no Pacaembu, pois estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mesma situação viveu o lateral direito Cicinho. Ambos estarão à disposição de Oswaldo de Oliveira para a partida do próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o clube de Itu.

Mena viajou ao Chile, após saber da morte de seu pai, que estava em coma induzido (Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)