Medina recebe troféu de campeão mundial em premiação da WSL

O brasileiro ainda concorreu a dois prêmios pelo WSL Awards: “Melhor onda do ano” e “Melhor bateria do ano”. No entanto, ele viu Kelly Slater vencer em ambas as categorias

Comentar
Compartilhar
25 FEV 201512h43

Elegantemente vestido de terno e gravata, Gabriel Medina recebeu, nesta quarta-feira, o troféu pelo título mundial de 2014, em Gold Coast, na Austrália. O brasileiro ainda concorreu a dois prêmios pelo WSL Awards: “Melhor onda do ano” e “Melhor bateria do ano”. No entanto, ele viu Kelly Slater vencer em ambas as categorias.

O surfista de 21 anos, mesmo assim, não deixou de comemorar ao lado de Stephanie Gilmore, vencedora do Mundial feminino. Nas redes sociais da Liga Mundial de Surfe (WSL), Medina comentou o bom momento.

“Foi uma noite muito especial para mim. Fiquei muito nervoso por ter que fazer um discurso para tanta gente em inglês. Se fosse português eu já ficaria nervoso”, disse o paulista de Maresias.

Gabriel Medina e Stephanie Gilmore recebem troféus de campeões mundiais de 2014 (Foto: Reprodução/Twitter)

Acompanhado pelo padrasto e treinador, Charles Serrano, e pela mãe Simone, Medina concorreu à “Melhor onda do ano”, com o tubo surfado em Pipeline, porém perdeu para a nota 10 de Kelly Slater, em Teahupoo, no Taiti. Já na categoria “Melhor bateria do ano” o brasileiro disputou com a decisão diante de Julian Wilson, no Pipe Masters, mas novamente viu Slater sair vencedor. O undecacampeão ficou com o prêmio pela semifinal no Taiti, contra John John Florence.

O Mundial 2015 tem o início previsto para este sábado, em Gold Coast, na Austrália, onde Medina defende o título da etapa. Na primeira rodada, ele enfrenta o compatriota Wiggolly Dantas e um surfista oriundo do qualifying, ou um que receba o wildcard (a WSL vai fazer o convite a dois surfistas que sofreram com lesões no ano passado).