Marcelo Fernandes diz que vai escalar o que tem de melhor quarta

Desta vez, o técnico deve mandar alguns titulares a campo, diferentemente do primeiro duelo, quando todos os jogadores de linha eram reservas

Comentar
Compartilhar
11 MAI 201512h37

Depois de conquistar o Campeonato Paulista, o Santos não teve os resultados esperados contra as frágeis equipes de Maringá e Avaí. No primeiro duelo pela segunda fase da Copa do Brasil, o time santista, depois de abrir 2 a 0, acabou sofrendo o empate no Paraná e terá de buscar a classificação às oitavas de final nesta quarta, às 19h30 (de Brasília), em casa. Desta vez, Marcelo Fernandes deve mandar alguns titulares a campo, diferentemente do primeiro duelo, quando todos os jogadores de linha eram reservas.

“A gente vai esperar amanhã (segunda-feira), chegar em casa, fazer nossos exames, ver como está, não vamos fazer nada diferente. O Santos vai colocar o que tem de melhor, é uma decisão em casa e vamos aguardar os exames”, avisou o treinador.

Apesar do descanso durante toda a semana, os titulares também não corresponderam às expectativas e ficaram apenas no 1 a 1 com o Avaí, neste domingo, em Florianópolis, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O placar foi frustrante para a equipe alvinegra, que receberá o Cruzeiro, atual bicampeão, já na próxima rodada.

Para seguir vivo na disputa da Copa do Brasil, o técnico Marcelo Fernandes promete um time forte na quarta (Foto: Luis Moura)

O zagueiro Werley tem vivido momentos complicados em campo. Depois de atuar em fase final de recuperação de uma dengue na decisão do Campeonato Paulista, quando precisou ser substituído após as vistas escurecerem após uma cabeçada, como revelou o próprio zagueiro, neste domingo Werley mais uma vez teve de deixar a partida.

Já no segundo tempo, o jogador do Peixe sofreu um choque de cabeça com um adversário e instantaneamente viu sua testa sofrer um inchaço grande. Apesar do novo susto, Werley deve ficar à disposição já para o duelo de quarta-feira.

“Como não abriu, a gente ficou preocupado. Era perigoso para ele cabecear e o departamento médico preferiu tirar (do jogo), mas está tudo tranquilo, fez gelo e está bem”, explicou Marcelo Fernandes, que não poderá contar com Gustavo Henrique contra a Raposa, já que o jovem zagueiro levou dois cartões amarelos e, consequentemente, um vermelho depois de entrar no lugar de Werley, contra o Avaí.