Jogadores do Peixe falam sobre futuro em PG

Thiago Ribeiro, Aranha e Neilton, atletas patrocinados pela PUMA, receberam fãs em evento realizado nesta quinta-feira (21)

Comentar
Compartilhar
22 NOV 201312h28

Os jogadores do Peixe, Thiago Ribeiro, Neilton e Aranha, estiveram nesta quinta (21), na loja Centauro do Litoral Plaza Shopping, em Praia Grande (SP), para sessão de autógrafos com os fãs do clube. Os atletas receberam o carinho de dezenas de torcedores e aproveitaram para falar sobre o futuro no futebol.

O jovem Neilton, de 19 anos, destaca a conquista da Copa do Brasil Sub-20, ocorrida na última quarta-feira (20). “Foi muito importante, pois foi o primeiro título do Santos na competição. Além disso, o time conseguiu também a vaga para a Libertadores da categoria. É uma emoção muito grande a conquista do título, independente se é no profissional ou não”, coloca o jovem atleta, que espera permanecer no time da Baixada Santista. "Meu empresário está resolvendo com o Santos. Minha vontade é ficar", complementa.

Com o Santos fora da briga por vaga na Copa Libertadores, o atacante Thiago Ribeiro espera finalizar o Brasileirão da melhor forma. “Chegar ao final do campeonato assim é ruim. Infelizmente, as coisas aconteceram desse jeito. Mas nós temos um nome a zelar e a partir do momento que vestimos uma camisa de peso como a do Santos, devemos honrar até o fim”, coloca.

Aranha, goleiro do Peixe, também espera vencer as últimas rodadas. “Só por estar no Santos, numa equipe dessa grandeza, devemos sempre pensar em vencer. Mas nem sempre isso acontece. Mas acho que a motivação tem que ser a mesma, sempre procurando vencer. Então é o que a gente tem para o resto do ano e temos que terminar bem”, afirma.

Thiago Ribeiro, Neilton e Aranha, estiveram nesta quinta (21), na loja Centauro do Litoral Plaza Shopping, em Praia Grande (SP), para sessão de autógrafos com os fãs do clube (Foto: Luiz Pires/VIPCOMM)

O arqueiro ainda comenta a oportunidade de estar ao lado dos fãs, em uma ação organizada pela Centauro e PUMA. “A gente que já foi criança um dia, sabe da importância que isso (ação) representa. Dá pra ver no olhar, nos gestos, a satisfação de estarem aqui com a gente, tirando fotos, recebendo autógrafos. Essas coisas nos deixam mais satisfeitos. É legal saber que as pessoas que estão aqui têm um carinho por você”, finaliza.