Irã diz que acordo sobre programa nuclear está próximo

As negociações entre Irã e Estados Unidos sobre a questão nuclear, em Lausanne, na Suíça, devem ser concluídas até final do mês

Comentar
Compartilhar
17 MAR 201515h51

O Irã diz ter resolvido com os Estados Unidos 90% das questões técnicas sobre o programa nuclear, mas Washington reitera que hipóteses de acordo se mantêm nos 50%. As negociações entre Irã e Estados Unidos sobre a questão nuclear, em Lausanne, na Suíça, devem ser concluídas até final do mês.

A partir de Teerã, Ali Akbar Salehi, chefe da Organização de Energia Atômica iraniana, disse hoje (17) que “90% das questões técnicas” estão resolvidas. Segundo ele, persistem “divergências apenas sobre uma questão maior”, que vão “tentar resolver no encontro desta noite" entre os chefes da diplomacia dos dois países, Muhammad Javad Zarif e John Kerry.

Do lado dos Estados Unidos, o otimismo é menor. Um porta-voz da Casa Branca disse que, para o presidente Barack Obama, as hipóteses de se chegar a um acordo permanecem nos 50%. “A probabilidade [de se atingir um acordo] não se alterou”, afirmou Josh Earnest. “O cenário, na melhor das hipóteses, é de 50/50", finalizou.

O Irã e as potências do Grupo 5+1 (EUA, China, Rússia, França, Reino Unido e Alemanha) tentam chegar a um acordo sobre o programa nuclear de Teerã até 31 de março. A intenção é autorizar algumas atividades nucleares civis, mas impedir Teerã de produzir armas atômicas. Em troca da garantia do uso pacífico da energia nuclear, as sanções internacionais sobre a economia iraniana seriam suspensas.