Caso Neymar pode tirar Barcelona do próximo Campeonato Espanhol

Além disso, a publicação espanhola informou que o fiscal também entrou com um mandato de prisão de Sandro Rosell e Josel Bartomeu, ex-presidente e atual mandatário do time, respectivamente

Comentar
Compartilhar
15 MAR 201511h26

O Barcelona corre o risco de não disputar as próximas temporadas do Campeonato Espanhol devido às investigações da contratação do brasileiro Neymar. De acordo com o jornal Mundo Desportivo, o fiscal responsável pelo inquérito, José Perals, entrará com um pedido na justiça para que o Barça não participe de até duas temporadas da liga nacional.

Além disso, a publicação espanhola informou que o fiscal também entrou com um mandato de prisão de Sandro Rosell e Josel Bartomeu, ex-presidente e atual mandatário do time, respectivamente.

Entenda o caso – Neymar se transferiu ao Barça em julho de 2013. Os valores não foram divulgados na época, mas o então diretor Josep Maria Bartomeu revelou meses depois que o negócio custou 57 milhões de euros (cerca de R$ 183 mi). Este valor passou a ser adotado como oficial até mesmo pelo então presidente do clube azul-grená, Sandro Rosell.

Em janeiro do último ano, porém, um sócio do clube catalão acusou o mandatário de desviar 40 milhões de euros (cerca de R$ 128 mi, na cotação atual) a uma empresa do pai de Neymar durante a transação. Ainda segundo a acusação, devem ser contabilizadas as luvas recebidas pelo craque, as parcerias sociais e de marketing e o acordo de prioridade com o Santos.

Tudo isso elevaria os valores da transferência aos 86,2 milhões de euros (R$ 277,5 mi). A polêmica está sendo investigada pela Justiça espanhola, e fez com que Sandro Rosell renunciasse à presidência do clube de Camp Nou. 

Neymar se transferiu ao Barcelona em julho de 2013 e os valores não foram divulgados na época (Foto: AP)