Experiente, Assunção tenta aconselhar garoto Victor Andrade

De volta ao Peixe depois de 13 anos, volante Marcos Assunção terá papel importante também fora dos gramados.

Comentar
Compartilhar
13 FEV 201321h27

O volante Marcos Assunção, ao lado do lateral-esquerdo Léo, é um dos jogadores mais experientes do Santos. Com 36 anos de idade e muita vivência no futebol, tanto no Brasil quanto no exterior, o jogador chegou não apenas para dar a sua contribuição técnica ao elenco, mas como para ajudar os mais jovens do clube, como já havia previsto o técnico Muricy Ramalho na sua chegada. Nesta linha, Assunção tem procurado ajudar o atacante Victor Andrade.

“Ele (Victor) é meio doidinho (risos). Converso bastante com ele, dou muitos conselhos, porque capacidade ele tem. Qualidade ele possui, talento, mas só isso não basta para ser um grande jogador. Tem de ser uma boa pessoa, com caráter, para ser um atleta completo”, disse o meio-campista.

A boa relação de Victor Andrade com Marcos Assunção pode auxiliar o novato, que foi intensamente cobrado por Muricy, no ano passado. Preocupado com um possível deslumbramento do atacante, o treinador já teceu várias críticas ao garoto.

Um dos episódios que mais deixou o comandante contrariado foi nas férias da equipe, quando Victor Andrade visitou o Barcelona (Espanha). A direção santista cancelou o período de descanso do jogador, logo depois.

A boa relação de Victor Andrade com Marcos Assunção pode auxiliar o novato (Foto: Divulgação/Santos FC)

Vale lembrar que, Victor Andrade, de apenas 17 anos, tem os seus direitos econômicos divididos da seguinte maneira: 70% do Alvinegro Praiano, 10% da família do avante e 20% do cantor sertanejo Sorocaba – esse percentual foi negociado pelos familiares do garoto, no último ano.

Além disso, a multa rescisória de Victor Andrade é avaliada em 50 milhões de euros (cerca de R$ 124 milhões), uma das mais altas de todo o elenco do Peixe.