Envolvido em polêmica, Sandro Rosell renuncia à presidência do Barcelona

O dirigente comunicou sua decisão em um pronunciamento oficial na sede do clube. O atual vice-presidente, Josep Maria Bartomeu, vai assumir o cargo

Comentar
Compartilhar
23 JAN 201418h17

Sandro Rosell renunciou à presidência do Barcelona nesta quinta-feira (23). O dirigente comunicou sua decisão em um pronunciamento oficial na sede do clube. O atual vice-presidente, Josep Maria Bartomeu, vai assumir o cargo e ficará no comando até 2016.

"Eu e minha família sofremos ameaças e ataques que me fizeram pensar se ser presidente significa colocar em risco a minha família. Nos últimos dias sofri uma denúncia injusta de apropriação indébita, que chegou à Justiça. Creio que minha etapa aqui terminou. Por isso, apresento meu pedido de demissão à diretoria do Barcelona em caráter irrevogável", disse.

Sandro Rosell renunciou à presidência do Barcelona (Foto: Associated Press)

Em relação à compra do atacante Neymar, o ex-presidente do Barcelona reafirmou que não há irregularidade.

"A contratação de Neymar está correta. Não quero ataques que afetem o clube. Esta diretoria é uma equipe e lidera um projeto que conseguiu grandes êxitos", finalizou.

Rosell afirmou a pessoas próximas que não se via em condições de comandar o clube catalão enquanto estivesse envolvido nas investigações do ‘caso Neymar'. O agora ex-presidente é acusado de apropriação indébita de capital da transferência do jogador brasileiro.