Enderson repete Oswaldo e diz que time não merecia perder

Ciente de que jogar bem, mas não vencer pode ser perigoso para o seu futuro, o técnico terá a chance de se recuperar junto com o time do Santos no próximo sábado, contra o Coritiba, na Vila Belmiro

Comentar
Compartilhar
11 SET 201412h33

Com a derrota desta quarta-feira para o Sport por 3 a 1, na Arena Pernambuco, o Santos chegou ao sexto confronto seguido fora de casa pelo Campeonato Brasileiro com resultado negativo. Pouco antes de ser demitido, Oswaldo de Oliveira admitia que os resultados estavam pesando, mas sempre salientava que o time vinha jogando bem e muitas vezes perdendo de forma injusta. O discurso não convenceu o presidente Odílio Rodrigues e o Comitê Gestor, que acabaram optando pela saída do técnico.

Agora, Enderson Moreira, logo em sua primeira derrota à frente da equipe, também como visitante, repete a justificativa para explicar o placar adverso na partida válida pela 20ª rodada do Brasileirão.

“Não tenho dúvida nenhuma disso, criamos situações para isso. No segundo tempo, tivemos no chute do Lucas que o Magrão fez uma grande defesa, tivemos boas situações, chances de bola parada. No primeiro tempo, ganhávamos de 1 a 0 e tivemos uma chance boa em um cabeceio do Leandro (Damião). Tivemos boas possibilidades, mas não fomos tão eficientes quanto o Sport, que conseguiu traduzir em gols e conseguiu a vitória”, analisou o atual treinador santista, ressaltando também a maior posse de bola do Peixe no jogo. “A equipe Sport foi eficiente. Em grande parte do jogo, conseguimos controlar, mesmo fora de casa, mas não conseguimos transformar esse controle em gols”, concluiu.

Enderson Moreira, logo em sua primeira derrota à frente da equipe, também como visitante, repete a justificativa para explicar o placar adverso (Foto: Ricardo Saibun/SFC)

Ciente de que jogar bem, mas não vencer pode ser perigoso para o seu futuro, Enderson terá a chance de se recuperar junto com o time do Santos no próximo sábado, contra o Coritiba, as 21 horas, na Vila Belmiro.

O time paranaense meteu 3 a 0 na Chapecoense nesta quarta-feira e luta contra o rebaixamento. É o 17º, primeiro dentro da zona da degola, com 20 pontos. O Peixe é o 10º, com 26, ainda sem contar com os resultados dos jogos desta quinta-feira.