Djokovic vence Federer na semi e espera rival espanhol na decisão

Após exatas 2 horas de disputa, o tenista sérvio venceu por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/2

Comentar
Compartilhar
02 NOV 201314h41

O sérvio Novak Djokovic está na decisão do Masters 1000 de Paris. Algoz do suíço Roger Federer na semifinal, disputada no começo da tarde deste sábado, o atual segundo colocado do ranking mundial apenas espera por um adversário espanhol para brigar pelo título.

Após exatas 2 horas de disputa, Djokovic venceu por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/2. O sérvio aplicou sete aces, mas cometeu cinco duplas faltas. Jogando de maneira mais agressiva, criou 10 chances para quebrar o saque do adversário, das quais aproveitou quatro.

Cabeça de chave número 2 do Masters 1000 de Paris, Novak Djokovic ainda reduziu a vantagem de Roger Federer, quinto favorito na França, no confronto direto. Em 30 partidas desde a temporada de 2006, o sérvio de 26 anos passa a contabilizar um total de 14 vitórias e vem de dois triunfos consecutivos.

Do outro lado da chave, a semifinal será disputada por dois tenistas espanhóis, ainda neste sábado. Atual primeiro colocado do ranking da ATP, o astro Rafael Nadal entra como favorito no duelo diante de David Ferrer, cabeça de chave número 3.

Depois de passar por Roger Federer, Novak Djokovic encara um rival espanhol na final (Foto: Associated Press)