Desfalcado, Palmeiras enfrenta Joinville antes de 'jogo do título"

Faltando cinco partidas para o término da competição, a segunda colocada, Chapecoense, soma 62 pontos, e ainda poderia reverter a desvantagem nas quatro rodadas derradeiras

Comentar
Compartilhar
09 NOV 201313h23

Apesar de já estar garantido na elite do futebol nacional em 2014, o Palmeiras segue focado na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B desta temporada e tenta garantir o título da segunda divisão. Em busca deste objetivo, o clube alviverde tem importante duelo com Joinville, neste sábado, às 16h20 (de Brasília), no Pacaembu, em partida válida pela 34ª rodada da competição.

Líder desta edição da Série B, com 70 pontos, o Palmeiras não tem chances de garantir antecipadamente o troféu do torneio diante do Joinville. Faltando cinco partidas para o término da competição, a segunda colocada, Chapecoense, soma 62 pontos, e ainda poderia reverter a desvantagem nas quatro rodadas derradeiras. Entretanto, o título pode ser confirmado diante do Paysandu, na próxima terça-feira, às 21h50 (de Brasília), na Arena Verde.

Para o confronto com Joinville, as principais dúvidas na escalação estão nas laterais. Wendel e Bruno Oliveira disputam titularidade pelo lado direito, pois Luis Felipe segue em fase de recondicionamento físico e não joga. Na esquerda, Juninho e Marcelo Oliveira duelam por posição. Sem Alan Kardec, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, Ananias deve ganhar nova oportunidade e começar jogando, formando trio de ataque com Leandro e Vinícius.

“Trabalhamos duas situações de escalação. Como perdemos alguns jogadores, vamos nos preservar neste momento para causar mais dúvidas ao adversário. Pegaremos um rival que está lutando pelo G-4, então são jogos difíceis e precisaremos ser sérios do início ao fim”, afirmou o treinador do time alviverde, Gilson Kleina, que comandou dois treinamentos fechados durante a semana.

“Trabalhamos duas situações de escalação. Como perdemos alguns jogadores, vamos nos preservar neste momento para causar mais dúvidas ao adversário

Além do lateral direito e do atacante, Gilson Kleina não poderá contar com outros cinco jogadores para o confronto deste final de semana. No sistema defensivo, Vilson (tendinite no joelho esquerdo), Charles (amigdalite) e Léo Gago (lesão muscular na coxa direita) seguem se recuperando de problemas físicos. Mendieta, realizando fisioterapia após cirurgia no joelho esquerdo, e o volante Sebastián Eguren, outro suspenso por acúmulo de cartões amarelos, também não jogam.

O Joinville, por sua vez, chega ao confronto embalado por série de três triunfos consecutivos. Os recentes resultados reaproximaram a equipe catarinense do grupo dos quatro times que subiriam para primeira divisão. Neste momento, o clube do Sul do País é o sexto colocado, com 52 pontos, enquanto o quarto colocado, Icasa, soma 53 pontos.

O atacante Edu, diagnosticado com lesão no joelho esquerdo, não atua contra o Palmeiras. Ronaldo e Kim são os mais cotados na disputa pela vaga no setor ofensivo. No entanto, o treinador Sergio Ramirez pode mudar o sistema de jogo da equipe e optar pela entrada do volante Marcus Vinícius.

“Não vai ter essa de oba-oba por parte deles só porque conseguiram o acesso de forma antecipada. O Palmeiras sabe que se bobear, nós vamos com tudo”, encerrou o lateral Eduardo.