Arouca promete empenho por Libertadores e lamenta oscilação

“Está distante, mas como há a possibilidade, mesmo sendo mínima, vamos buscá-la", afirmou o volante

Comentar
Compartilhar
07 NOV 201316h17

Com nove pontos de distância para o G-4 do Campeonato Brasileiro, o Santos tem esperanças reduzidas de se classificar para a próxima Copa Libertadores da América. O volante Arouca admitiu que o Peixe tem remotas chances matemáticas de estar na Libertadores de 2014, mas destacou que o time praiano continuará lutando por uma vaga, nesta reta final do Brasileirão.

“A gente tem trabalhado, sempre focando no objetivo. Está distante, mas como há a possibilidade, mesmo sendo mínima, vamos buscá-la. Faltam seis jogos e vamos procurar vencer todos. É difícil, mas enquanto houver oportunidade, vamos fazer de tudo para conseguir a classificação”, disse o meio-campista.
Arouca também falou sobre os percalços da caminhada santista na competição. Para o volante, a equipe alvinegra passou por uma série de mudanças durante a temporada e, além disso, não obteve a regularidade necessária para chegar no G-4, até o momento.

“É difícil falar quais foram os erros. Porém, acredito que o Santos mudou bastante, no decorrer do campeonato. Saíram jogadores importantes, bem como o treinador (Muricy Ramalho, demitido), e chegaram outros atletas ao longo do Brasileiro. Nós tivemos que formar um novo time, mas a equipe não deu a sequência que precisava para estar lá em cima, brigando o tempo todo. Nós oscilamos bastante. Agora, vamos pensar nos jogos finais e procurar somar o maior número de pontos possíveis”, concluiu.

O Santos volta a jogar diante do Vasco, ameaçado pelo rebaixamento. O confronto está marcado para o próximo domingo, a partir das 19h30 (horário de Brasília), no qMaracanã.

O volante Arouca admitiu que o Peixe tem remotas chances matemáticas de estar na Libertadores de 2014, mas destacou que o time praiano continuará lutando por uma vaga (Foto: Estadão Conteúdo)