Após desmaio em campo, Finlândia vence a Dinamarca na Eurocopa

A partida ficou paralisada por mais de uma hora por conta da síncope sofrida pelo camisa 10 dinamarquês Christian Eriksen

Comentar
Compartilhar
12 JUN 2021Por Folhapress17h29
O resultado positivo completou a festa pela primeira partida na história do país na competiçãoO resultado positivo completou a festa pela primeira partida na história do país na competiçãoFoto: DIVULGAÇÃO

A Finlândia venceu a Dinamarca por 1 a 0, neste sábado (12), no Estádio Parken, em Copenhagen. Com gol de Pohjanpalo, os comandados de Markku Kanerva conseguiram três pontos importantes em sua estreia na Eurocopa.

A partida ficou paralisada por mais de uma hora por conta da síncope sofrida pelo camisa 10 dinamarquês Christian Eriksen. Depois da suspensão anunciada pela Uefa, as seleções resolveram finalizar a partida ao saber que o atleta estava bem e realizando exames.

Com os três pontos conquistados, a Finlândia assume a liderança do grupo B e aguarda a partida entre Bélgica e Rússia para saber se terminará a primeira rodada no topo da tabela. A derrota deixa a Dinamarca na lanterna.

A primeira etapa começou com total controle da Dinamarca. Com cinco minutos de jogo, o goleiro finlandês precisou trabalhar em uma sequência de três chutes. Aproveitando o bom momento, Maehle recebeu uma bola na entrada da área e levou dificuldade novamente para Hradecky.

Depois disso, o setor ofensivo dinamarquês colocou o arqueiro finlandês para trabalhar mais vezes. Aos 15 minutos com um chute de Höjbjerg e aos 18, com uma boa jogada de Eriksen, Hradecky evitou que a Finlândia saísse atrás no placar.

Com muita pressão, Braithwaite marcar o primeiro gol do jogo com 25 minutos. Porém, o atacante do Barcelona chutou para fora após uma boa jogada.

 

A partida foi suspensa por algumas horas por conta de uma emergência médica envolvendo Eriksen, que foi vítima de uma síncope. O jogo foi retomado após o consenso de ambas as equipes, que finalizaram os cinco minutos restantes da primeira etapa e jogaram o segundo tempo.

Antes do acidente, os 45 iniciais tinham com 64% da posse de bola da Dinamarca, que chutou 12 vezes ao gol finlandês. Do outro lado, Schmeichel se quer precisou trabalhar.

Com um rápido intervalo, as equipes voltaram para a segunda etapa. Mesmo sem o seu camisa 10, principal nome do jogo até a paralisação, a Dinamarca manteve o domínio da partida nos 10 minutos iniciais, mas, ainda assim não conseguiu tirar o 0 a 0 do placar.

Aos 14 minutos do segundo tempo, Pohjanpalo abriu o placar para a Finlândia. Mesmo com a pressão imposta pela Dinamarca, os finlandeses chegaram a primeira vez com perigo e Schmeichel não conseguiu evitar o gol.

Aos 28 minutos de jogo, Hölbjerg perdeu a oportunidade de deixar tudo igual no placar. Após um pênalti sofrido por Poulsen. O volante fez a cobrança rasteira, no canto esquerdo, e Hradecky defendeu sem dar rebote.

A Dinamarca ainda tentou aproveitar a boa atuação durante a partida, mas, o setor defensivo da Finlândia segurou o resultado conquistado em sua estreia na competição europeia.