X
Educação

Escolas de Praia Grande retomam projeto ambiental 'O Mar é Nosso'

Iniciativa que promove conhecimento sobre o ambiente marinho e sua preservação retorna às salas de aula após dois anos de pandemia

Seduc retorna com aulas de educação ambiental nas escolas de Praia Grande / Divulgação/ Prefeitura da Praia Grande

Após quase dois anos sem atividades devido à pandemia da Covid-19, nesta quarta-feira (6) o projeto “O Mar é Nosso” voltou a acontecer nas escolas municipais da rede municipal de Praia Grande. Os alunos de 5º ano da E.M Antonio Peres Ferreira, localizada no bairro da Vila Sônia, conversaram com os professores que fazem parte da iniciativa e aprenderam um pouco mais sobre as águas e sua preservação.

Por meio de palestras com informações, imagens e vídeos curtos, os  jovens aprendem e discutem sobre a caracterização do ecossistema  marinho, o ciclo d’água, a fauna, a cadeia alimentar marinha, a pesca predatória, ocupação desordenada, o aquecimento global, mudanças climáticas e diversidade marinha.

A iniciativa é de organização do Departamento de Educação Ambiental da Secretaria de Educação (Seduc) da Prefeitura de Praia Grande. Para a diretora do departamento, Eliane Queiróz, o projeto possibilita aos alunos conhecer ações voltadas à diminuir os impactos ambientais causados pelo homem e promover uma mudança positiva dessa realidade. “Essa é uma excelente oportunidade de debatermos com os alunos sobre essas temáticas e eles também nos dão sugestões de ações que podemos realizar para preservar o meio ambiente marinho. Estimulamos que eles levem a discussão para casa, junto às famílias, para disseminar a importância da preservação do meio ambiente”, disse.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O projeto ocorre desde 2015 e tem como objetivo promover mais conhecimento às crianças sobre o ambiente marinho e, principalmente, sua preservação. Em seu formato original, acontecem palestras dentro das escolas e os alunos também vão à praia para aprender na prática sobre todos os temas abordados. Por conta dos cuidados devido à pandemia, a retomada ocorre de maneira gradativa e, por enquanto, se limita às salas de aula.

Década do Oceano

Eliane ressalta que esse é o momento mais propício para a retomada das atividades do projeto, uma vez que a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou que de 2021 a 2030 é realizada a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável – mais conhecida como Década do Oceano.

As “décadas” da ONU são movimentos que pretendem mobilizar estudiosos, gestores, políticos e sociedade civil a protegerem o oceano e a vida  marinha. “Não podemos tirar o foco dos resíduos sólidos que estão  prejudicando nosso meio ambiente. Por isso nossas palestras atuam no sentido de promover o desenvolvimento sustentável, fortalecer a gestão dos oceanos, zonas costeiras e, no nosso caso, os manguezais”, afirmou.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande abre concursos públicos em duas áreas; salários chegam a R$ 7 mil

No total, são 77 vagas em diferentes cargos

TRÂNSITO

Obra: Prefeitura de São Vicente interdita ruas para solucionar problema de drenagem

Parte das ruas Martim Afonso e José Bonifácio está interditada por conta das intervenções

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software